UAI

Movimento cultural mineiro dos anos 1970 inspira Bloco da Esquina

Levando a boemia ao carnaval de BH, o Bloco da Esquina mistura um toque de pagode às músicas que embalam muitas histórias desde os anos 1970

Trio elétrico do Bloco da Esquina Reprodução/ Bloco da Esquina
clock 26/01/2024 16:20
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

carnaval de BH já está chegando e é hora de relembrar alguns dos blocos que mais trazem alegria para os foliões que vêm de todos os cantos do país.
 
A edição de 2024 do Carnaval de Belo Horizonte acontece entre os dias 27 de janeiro e 18 de fevereiro.

Na última edição, realizada em 2023, a festa teve 5,25 milhões de foliões circulando na cidade. A expectativa para esta edição é que 5,5 milhões de foliões encham as ruas da capital mineira de cores, diversidade e alegria.

E o carnaval tem atração até para o público mineiro mais saudosista. O Bloco da Esquina, que desfila desde 2013, traz em seu repertório as canções do clássico Clube da Esquina temperadas com um toque carnavalesco. Confira a seguir um pouco da história do bloco, qual o seu repertório e o que ele promete de novidades para este ano.
 

Tudo começou em 2013, nas ruas do Santa Tereza

 
O Bloco da Esquina surgiu em 2013, quando os músicos Renato Muringa e Mário Jaymowich, com um cavaquinho e um pandeiro, se juntaram para tocar canções do Clube da Esquina, movimento cultural mineiro da década de 1970, em ritmo de pagode.
 
Nessa época, o carnaval de Belo Horizonte já ganhava força com o aparecimento de vários blocos e, então, os amigos tiveram a ideia de misturar aquelas canções clássicas com samba em um cortejo: o Bloco da Esquina. O objetivo era agregar a identidade mineira aos desfiles e à batucada carnavalesca, sempre dando destaque às canções de grandes artistas como Milton Nascimento, Lô Borges, Beto Guedes, Toninho Horta, Fernando Brant, entre outros.
 
Para que isso acontecesse, os amigos escolheram músicas cujas estruturas não fossem tão modificadas se tocadas em ritmo de carnaval, como “Maria, Maria”, “Um Girassol da Cor de Seu Cabelo”, “Nos Bailes da Vida” e “Trem Azul”. Assim, no dia 10 de fevereiro de 2013, pelas ruas do Santa Tereza, os foliões puderam se divertir com essas músicas e também com o hino do bloco, de autoria de Muringa e Jaymowich.
 
Até hoje o Bloco da Esquina resiste e arrasta foliões pelas ruas da capital. Neste ano, o tema do cortejo é "Sonhos não Envelhecem", fazendo uma homenagem aos 80 anos de Milton Nascimento, aos 50 anos do Clube da Esquina e também aos 10 anos do bloco.
 

Conheça também:

 

Conheça o repertório do bloco

 
Como já é de se esperar, o Bloco da Esquina reproduz, com um toque de pagode, as melhores canções do clássico Clube da Esquina, além dos sucessos de Milton Nascimento, Toninho Horta, Flávio Venturini, Lô Borges, Beto Guedes, Tavito, Wagner Tiso, Tavinho Moura, entre outros grandes artistas do mesmo cenário.
 
Com o tema “50 anos: sonhos não envelhecem”, homenageando os 50 anos do movimento cultural e o principal expoente do grupo, Milton Nascimento, que completou 80 anos, e se despediu dos palcos ano passado, o Bloco da Esquina confirma seu cortejo de 2023 e promete emocionar os amantes das composições que marcaram época.
 

Bloco conta com banda de 150 músicos

 
Dentre os 150 músicos que compõem o Bloco da Esquina, estão à frente da banda Renato Muringa (voz e guitarra baiana), Analu Braga (percussão e regente de bateria), Dani Guedes (percussão a regente de bateria), Marcela Nunes (flauta transversal), Xandi Tamietti (bateria), Emerson Oliveira (teclados) e Tiago Araújo (baixo).


Onde e quando o Bloco da Esquina vai se apresentar?

 
O bloco se apresentará no dia 11 de fevereiro (domingo), às 8h, com concentração na Avenida dos Andradas, esquina com a Avenida Alphonsus de Guimarães. O encerramento do cortejo será Avenida dos Andradas, esquina com a Avenida Silviano Brandão.
 
Fique de olho no perfil do bloco no Instagram, pois a qualquer momento novas informações serão disponibilizadas sobre ensaios que antecedem a folia oficial.
 

Fique por dentro de tudo que acontece no carnaval de BH

 
Quer saber mais sobre o carnaval de Belo Horizonte em 2023? Então acesse o CarnaUai e confira todas as informações sobre a melhor festa de Minas Gerais.
Tags:  #blocos #carnauai
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp