Psiu Poético tem protestos contra a política cultural de Bolsonaro

Poemas são 'empacotados' no festival literário de Montes Claros. Gesto 'traduz o sufoco e o aprisionamento da poesia', afirma Aroldo Pereira, organizador do evento

Estado de Minas 07/10/2019 16:11

Foto: Luiz Ribeiro/EM/D.A Press
Poesia 'empacotada' em Montes Claros (foto: Foto: Luiz Ribeiro/EM/D.A Press)

  

Desde o fim de semana, Montes Claros, no Norte de Minas, respira poesia. Até sábado (11), a cidade sedia o Festival de Arte Contemporânea Psiu Poético. A 33ª edição do evento recebeu inscrições de 800 poemas enviados por autores todos os estados. Eles estão expostos na galeria do Centro Cultural Hermes de Paula. A mostra tem formato diferente: os textos estão dispostos em painéis, como se estivessem “empacotados” em plástico.


De acordo com o poeta Aroldo Pereira, organizador do evento, “o empacotamento” foi ideia do artista plástico João Rodrigues, secretário de Cultura do município. Segundo ele, trata-se de um protesto contra o momento difícil enfrentado pelo setor cultural devido à política do governo Jair Bolsonaro para a área.


“O trabalho do João Rodrigues traduz o sufoco e o aprisionamento da poesia. Enquanto professores, pensadores e poetas gritam o tempo todo por liberdade, o Brasil vive encarcerado na imbecilidade do governo federal. Vivemos um governo que não distingue a arte, a criação e o humanismo da barbárie”, afirma Pereira.

 

 Na terça-feira (8), às 20h, no Centro Cultural, haverá performance da atriz Isabel Lopo, do grupo Filhos da Luz do Sertão, e os espetáculos Expresso musical, de Roberto Lopes, e Mulheres em versos – As geórgias. Na quarta-feira (9), o Sarau Poético Lítero Musical contará com a presença do Grupo Lírico Lilás e de integrantes da Academia Feminina de Letras de Montes Claros. Ele será realizado no Ateliê de Galeria Felicidade Patrocínio.


Quinta-feira (10), no Centro Cultural, serão lançados os livros Desacontecimentos, de Luis Turiba, Manchetes em versos, de Rosani Abou Adal, e Impropérios, de Luciana Martins. No mesmo espaço, na sexta-feira (11), serão homenageados Abou Adal, Paulo Henrique Veloso Souto, Luciana Martins, João Diniz, Olívia Ikeda e Jairo Fará.

 

No sábado (12), às 20h, no Centro Cultural, será exibido o filme Tira-gosto de poeta dirigido por Daniele Araújo. Em seguida, haverá apresentações de Denisar Mota, Banda Young Life, Elcio Lucas e Brenda Marques Pena.

MAIS SOBRE ARTES-E-LIVROS