UAI

Oruam volta a pedir liberdade para o pai, Marcinho VP: 'Solta meu coroa'

O cantor comemorou o aniversário do patriarca, líder do Comando Vermelho, preso há mais de 20 anos por tráfico de drogas e homicídios

Oruam volta a pedir liberdade para o pai, Marcinho VP: 'Solta meu coroa' Divulgação/Reprodução/X/Twitter
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 02/04/2024 23:17
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Nesta terça-feira (02/04), Oruam usou as redes sociais para parabenizar o pai, Marcinho VP, líder do Comando Vermelho (CV), preso desde 2006. No X, antigo Twitter, o cantor comemorou o aniversário do genitor e pediu pela liberdade do patriarca mais uma vez.

Leia Mais

"Mais um ano sem você aqui né meu coroa. Um dia que eu fico triste pela sua ausência, mas feliz por saber que você está bem e segue firme na luta pela liberdade. Na justiça do homem eu já tô desacreditado, mas a de Deus não falha. Logo você estará aqui. Parabéns pelo seu dia!", declarou.

 

Na sequência, o rapper publicou algumas fotos de Marcinho e também escreveu algumas palavras para o pai: "Feliz aniversário, pai! Quem te conhece, sabe o tamanho do seu coração. A mídia vai fazer de tudo pra passar você como um monstro, mas só quem te conhece sabe que seu coração é do tamanho do mundo".

 

Oruam, que já havia defendido VP durante o Lollapalooza Brasil 2024, quando fez um protesto usando uma camiseta branca com a foto do criminoso e a palavra "liberdade", destacou que tem uma missão e fez um pedido ao judiciário brasileiro. "Meu propósito como filho é defender minha família. Solta meu coroa, seu juiz", pediu.

 

Vale destacar, que o músico, cujo nome de registro é Mauro Davi dos Santos Nepomuceno, tinha 5 anos quando o patriarca foi preso. O artista começou a fazer sucesso em 2021 e costuma fazer homenagens para Marcinho VP, que está está detido em um presídio de segurança máxima de Catanduvas, no Paraná.

 

Marcinho foi condenado a 44 anos de prisão por tráfico de drogas e homicídios. Mesmo preso, ainda é apontado como atual líder do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. 

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp