UAI

Padre russo ataca capelão ucraniano com cruz em funeral de soldado

O episódio aconteceu durante a cerimônia de sepultamento de Oleksandr Zinivy, em 22 de julho

Reprodução/Twitter/Montagem Reprodução/Twitter/Montagem
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 29/07/2022 08:19
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Um padre russo, identificado como Mykhailo Vasylyuk, subiu no altar e agrediu o capelão ucraniano Anatoliy Dudko com uma cruz durante a cerimônia de sepultamento de um soldado da Ucrânia, em 22 de julho, na cidade de Mykolaiv.

O motivo da agressão foi as críticas do pároco da Igreja Ortodoxa da Ucrânia ao presidente russo Vladimir Putin. O ataque foi registrado em vídeo. As imagens mostram quando Dudko é agredido com uma cruz por Vasylyuk.

 

De acordo com as informações da revista Newsweek, o padre teria começado as agressões após o capelão ucraniano criticar o presidente da Rússia, dizendo que o político russo teria desencadeado a guerra na Ucrânia, em parte, para defender os fiéis da Igreja Ortodoxa Russa, do qual Mykhailo faz parte. Após golpear o religioso duas vezes, o russo é afastado do pároco ucraniano.

 

Os vídeos compartilhados com exclusividade pela Nexta e pelo site ucraniano Vinbazar mostram o padre russo subindo no altar, com a cruz na mão, ele empurra e puxa a roupa do capelão, que o empurra de volta. Em seguida, o padre tenta acertar o capelão ucraniano com a cruz, enquanto a vítima coloca as mãos na frente do corpo para tentar se defender dos ataques. Depois da confusão, o culto fúnebre prosseguiu.

 

Segundo à publicação, a polícia de Vinnytsia foi notificada do incidente e as autoridades abriram uma investigação criminal sobre o ataque do padre russo. O capelão foi encaminhado para fazer corpo de delito e aguarda o resultado das apurações.

 

Confira, abaixo, o vídeo:

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp