UAI

Penha enfrenta Chayene no tribunal, ouve proposta inacreditável e emociona: 'Seis anos sendo chamada de burra'

As duas não conseguem chegar a um acordo

Chayene (Cláudia Abreu) e Penha (Taís Araujo) de Cheias de Charme Chayene (Cláudia Abreu) e Penha (Taís Araujo) de Cheias de Charme - Reprodução - TV Globo
Redação Observatório da TV clock 14/03/2024 11:30
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Penha (Taís Araujo) terá o primeiro encontro no tribunal com Chayene (Cláudia Abreu) em Cheias de Charme. 'Como a parte ofendida, Dona Penha, gostaria que Dona Chayene compensasse os danos que lhe causou?', questionará a juíza.

Leia Mais

'Ela poderia começar me pedindo perdão. De joelhos. Se humilhando igual ela me humilhou', responderá a mocinha. 'Espere sentada no chão, igual na última vez que eu lhe vi!', rebaterá a cantora. 'Pede perdão, Chayene. Engole esse sapo e tá tudo resolvido', aconselhará Lygia (Malu Galli).

'Não tá tudo resolvido não, doutora. O perdão dela não paga as minhas contas. Eu fiquei desempregada e eu estou cheia de dívidas. Como é que fica?', reagirá Penha. 'Como é que é? Você quer me arrancar dinheiro?', reclamará a malvada.

'É uma indenização pelos danos materiais e morais sofridos. Já que não pode se desfazer o feito, é justo uma indenização financeira', indicará Elano (Humberto Carrão). Chayene então oferecerá um valor baixo para recompensar a ex-empregada.

'Isso não paga nem o meu analgésico', indicará Penha. 'Lamba os beiços porque é só isso que você vai ver do meu dinheiro', ironizará a artista. 'Isso não é nem o salário da minha cliente. Isso é aviltante', falará o irmão da protagonista.

'Aviltante é se fazer valer de uma situação dessa para se dar bem. Você é paga para fazer comida de dieta e não faz? Para passar a roupa e queima o vestido caro com ferro? Depois de seis anos até o Dalai Lama perderia a paciência', apontará Lygia.

'O que a senhora acha de passar seis anos sendo chamada de burra, porca e jumenta?', perguntará a empregada. 'Você é isso mesmo', reagirá Chayene. 'Não sou não! Eu sou muito limpa e caprichosa. Todo mundo adora o meu tempero, menos quem? Ela! Trabalho faz seis anos, passo, lavo, limpo e só sabe reclamar e pedir as coisas na base da ignorância', lamentará a mulher.

'Tenho um marido que é encostado e lá em casa é só eu para sustentar filho e dois irmãos que criei sozinha. A verdade é que eu só quero fazer bem o meu serviço, mas quero ser tratada com dignidade. Quando eu penso numa colega minha pode trabalhar com você e ser maltratada também, minha vontade é te colocar atrás das grades. Mas estou precisando de dinheiro e isso que você ofereceu não vai me ajudar', comentará Penha. 'Pois agora nem esse você vai ver mais. Os seus problemas só estão começando. Aguarde', concluirá Chayene, sem chegar num acordo.

Este post Penha enfrenta Chayene no tribunal, ouve proposta inacreditável e emociona: 'Seis anos sendo chamada de burra' foi publicado primeiro no Observatório da TV.
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp