UAI

Audiência do Jornal Nacional está em queda em Belo Horizonte há 5 anos

A situação é causada, decorrente da concorrência com os serviços de streaming. Além da TV por assinatura e do próprio YouTube.

Audiência do Jornal Nacional está em queda na capital de Minas Gerais há 5 anos Reprodução/TV Globo
Douglas Lima - Especial para o Uai clock 28/03/2023 13:38
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

Um levantamento feito pelo site Notícias da TV mostra que a audiência do Jornal Nacional, da TV Globo, está em queda em todo o Brasil.

Leia Mais

A situação é causada, principalmente, pela concorrência com os serviços de streaming, como Netflix, Star+, Amazon Prime, HBO Max, Disney, Paramount e até o Globoplay, que é do mesmo grupo. Além da TV por assinatura e do próprio YouTube.

 

É que nos últimos anos os telespectadores conseguiram outras formas de entretenimento digital. A própria televisão se tornou uma segunda tela para muitos usuários, que prestam mais atenção nas informações pela internet.

 

De acordo com a reportagem, o pior momento para a audiência do JN apresentado por William Bonner foi em 2015, quando bateu de frente com o fenômeno Os Dez Mandamentos, novela biblíca da Record TV. A programação fechou o ano com 23,8 pontos de média e 36,4% de share, marca mais baixa de todos os tempos.

 

Hoje, por exemplo, o noticioso está registrando 23,1 pontos de Ibope no PNT, (Painel Nacional de Televisão), que mede as audiências nas 15 principais regiões metropolitanas do país. O melhor ano do noticioso foi foi justamente em 2004, quando era apresentado pelo então casal Bonner e Fátima Bernardes.

 

Naquela época, a atração marcava 39,8 pontos e atraia 61,9% das TVs ligadas em média - esse share é semelhante ao que alcançam jogos de Copa do Mundo. Os números significam uma perda de 41% dos telespectadores que acompanhavam as notícias no horário nobre da Globo. O telejornal líder de audiência perdeu quase metade do Ibope nas últimas duas décadas.

 

Vale destacar, que apesar da queda, o Jornal Nacional ainda é sintonizado por 38,1% dos aparelhos na principal região metropolitana do país - depois de quatro anos seguidos acima dos 40%, o índice voltou a cair em 2021, passado o auge da pandemia de Covid-19.

 

O pós-pandemia tem sido ruim para o telejornal no comparativo com anos mais recentes No PNT a atração caiu de 29,2 pontos em 2018 para 23,1 de média neste ano. Além de Belo Horizonte e do mercado nacional, em regiões como Porto Alegre, Goiânia, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, o público tem diminuído em todos os anos desde 2018.

 

Mesmo não fazendo parte da lista, a maior queda foi no Distrito Federal: de 32,6 pontos de ibope e 49,0% de share para 22,7 de média e 38,8% no início deste ano - na capital federal, no entanto, os números voltaram a crescer em 2021, quando o JN estava com apenas 20,1 pontos de média e porcentagem de 32,8% dos televisores.

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp