UAI

Carnaval da gastronomia, carne dura e pão cru eliminam Edileide do MasterChef

Reprodução/Band Reprodução/Band
Redação - Observatório da TV clock 27/07/2022 14:50
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

O 11º episódio do MasterChef levou os participantes que samba no pé e tempero na mão para preparar uma deliciosa feijoada que impressionasse os chefs Erick Jacquin, Helena Rizzo e Henrique Fogaça e mais 100 pessoas. Além disso, o desafio final testou as habilidades do cozinheiros com uma receita africana de pão.

Samba no pé, tempero na mão

O programa desta terça-feira (26) levou os participantes para cozinhar no Sambódromo do Anhembi. A missão? Preparar uma feijoada completa, com quatro acompanhamentos, para 100 convidados do grupo especial das escolas de samba de São Paulo.

A prova foi disputada em equipes e Lays foi decisiva na formação dos times. Vencedora do desafio de eliminação da semana anterior, a designer foi capitã de um dos grupos e escolheu Fernando para liderar a outra equipe. Além disso, ambos receberam o auxílio de uma baiana para executar a tarefa.

Jason, Edleide, Rafael e a baiana Sandra formara a equipe amarela comandada por Lays. Do outro lado, Renato, Melina, Fernanda e a baiana Dalva foram lideradas por Fernando no time azul.

Vitória quase unânime

Os competidores tiveram duas horas de cozinha e 15 minutos para montar os pratos enquanto o serviço estava acontecendo, mas uma das equipes conquistou a maioria esmagadora dos clientes. De 100 convidados, 95 deram a vitória para o time azul, já o amarelo amargou a derrota com apenas cinco votos.

'As duas feijoadas estavam boas, saborosas e quentes, mas uma estava quase sem carne, dura. E a outra estava muito mais saborosa, muito mais agradável, muito mais verdadeira', disse Jacquin dando a vitória para o time de Fernando.

Partiu África do Sul

O desafio de eliminação teve um gostinho especial. Os cozinheiros 'viajaram' para a África do Sul, lugar de origem do Bunny Chow, receita popular no país, que consiste em um pão arredondado, sem miolo e recheado com carne, peixe ou vegetais.

O tempo foi o maior desafio de Lays, Edleide, Jason e Rafael que tiveram 15 minutos para fazer a massa, que precisava descansar. Uma hora depois, os participantes voltaram a cozinha, tiveram três minutos para fazer o mercado e mais uma hora para preparar o recheio do pão.

Lays quase foi o destaque positivo novamente, mas Rafael desbancou a designer, que preparou o segundo melhor Bunny Chow da noite. Já Edleide e Jason se enrolaram na prova. Ele teve problemas com o sabor do recheio e ela entregou um pão com a massa crua.

A maranhense deixou a massa descansando com o forno ligado e sovou o preparo após o período de repouso, o que segundo os jurados acabou com o processo de fermentação da receita. Esses dois pontos foram decisivos para a eliminação de Edleide da competição. Antes de deixar a cozinha, a participante recebeu o broche de Erick Jacquin de presente e pendurou o seu avental.

Leia mais conteúdos da Coluna e do Colunista. A cobertura completa do MasterChef Brasil você acompanha aqui e em nosso canal no YouTube!

Este post Carnaval da gastronomia, carne dura e pão cru eliminam Edileide do MasterChef foi publicado primeiro no Observatório da TV.
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp