UAI

The New Look: Uma jornada histórica da moda durante a ocupação nazista em Paris

A série lida com dilemas morais que ecoam nos dias atuais

The New Look transcende o cenário da moda para mergulhar nas complexidades da ocupação nazista em Paris durante a Segunda Guerra Mundial. Este relato envolvente segue estilistas renomados que enfrentaram desafios extraordinários, proporcionando uma narrativa única e perspicaz. 

Leia Mais

A série é transmitida na Apple TV+ e composta por dez episódios. A trama se desenrola entre 1937 e 1955, com foco especial nos tumultuados anos da ocupação, de 1940 a 1944.

Habilmente a narrativa se entrelaça com as proibições impostas pela ocupação nazista, incluindo a presença das suásticas em bandeiras hasteadas pela cidade e os pungentes cartazes proibindo a entrada de judeus nos estabelecimentos. 

Destacando a luta dos ícones da moda que trabalhavam para Lucien Lelong, sobrevivendo ao criar modelos para as mulheres dos oficiais alemães. Coco Chanel, por sua vez, vai além, envolvendo-se com um oficial da SS e tornando-se colaboradora do regime.

O elenco estelar eleva ainda mais a qualidade da produção, com Ben Mendelsohn interpretando por Christian Dior, Juliette Binoche personificando Coco Chanel, John Malkovich como Lucien Lelong, e Glenn Close como a editora da Harper's Bazaar, Carmel Snow. A participação de Maisie Williams, que se destaca como Catherine Dior, adiciona um toque de familiaridade aos fãs de Game of Thrones.

O primeiro episódio abre com Christian Dior discursando na Sorbonne nos anos 1950, sinalizando sua ascensão como símbolo de esperança após a guerra. O público vai acompanhar o desenrolar através de flashbacks, revelando os desafios enfrentados por Dior e sua irmã Catherine, uma heroína da resistência que, capturada pela Gestapo, emergiu condecorada após os horrores da guerra.

Enquanto acompanhamos a trajetória de Dior, somos transportados para a vida de Chanel, uma figura já estabelecida na moda que passou a guerra no Ritz, hospedando membros da SS. As contradições morais enfrentadas pelos personagens, questionando a linha tênue entre tolerância e adesão a um regime assassino.

A trama sutilmente tece paralelos entre as histórias de Dior e Chanel, explorando as complexidades de suas escolhas. À medida que o enredo se desdobra, somos levados a refletir sobre a atualidade, com a ascensão da extrema direita e o ressurgimento do antissemitismo em todo o mundo. 

The New Look não é apenas uma produção histórica, mas uma reflexão provocativa sobre os dilemas morais que ressoam até os dias de hoje.

foto1 foto:
Redação - Observatório do Cinema clock 08/03/2024 17:00
compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp SIGA NO google-news

No ambiente da Segunda Guerra Mundial

The New Look transporta o espectador para uma Paris ocupada, onde as disputas criativas e as rivalidades entre os designers refletem as tensões do momento histórico. 

A série mergulha profundamente na influência de Dior, explorando não apenas sua ascensão meteórica, mas também os desafios enfrentados por uma cidade sob o domínio nazista. 

Uma obra que vai além do glamour da moda, The New Look é uma jornada emocionante e autêntica pelos bastidores da indústria, revelando as histórias por trás das costuras que moldaram a era da moda.

Imersa nos turbulentos anos da Segunda Guerra Mundial e na ocupação nazista em Paris, The New Look oferece uma linha épica que desvenda o declínio de uma das designers de moda mais renomadas da história, Coco Chanel.

Dior teve o papel vital, cujas criações marcantes redefiniram a indústria da moda na década seguinte. O contexto não apenas explora a genialidade por trás de suas criações, mas também a complexa relações com seus maiores rivais e contemporâneos.

Os episódios podem ser vistos na Apple TV+. Confira o trailer:

O post The New Look: Uma jornada histórica da moda durante a ocupação nazista em Paris apareceu primeiro em Observatório do Cinema.

compartilhe icone facebook icone twitter icone whatsapp