Breve Festival Música Pra Durar

DATA

  • 23/09/2017 à 24/09/2017

LOCAL / INFO

PREÇOS

  • Meia entrada (1° Lote):100,00

BREVE FESTIVAL, MÚSICA PRA DURAR, TERÁ PRIMEIRA EDIÇÃO EM SETEMBRO

 

Evento propõe ocupar espaços da cidade e conversar em torno da música, entre os dias 20 e 23 de setembro, com mesas de conversas, mini-mostra itinerante, pocket shows em parklets, shows em casas noturnas, e apresentação de 13 atrações locais, nacionais e internacionais, no Mirante Beagá.

 

Fotos disponíveis no link: https://www.flickr.com/photos/arvoredecomunicacao/albums/72157687249137456

 

Usuário: acessoimagens@yahoo.com

Senha: bancodeimagens123

Créditos: nas imagens

 

 

Belo Horizonte, agosto de 2017 - Belo Horizonte irá ganhar um novo festival de música. Trata-se do &ldquoBreve Festival, Música Pra Durar&rdquo, que acontecerá em setembro, ocupando espaços da cidade e o Mirante Beagá. O evento apresenta uma proposta diferenciada na qual todas as artes trarão sonoridade, com ações diversas ao redor da música, levando o público a experiências diversas.  &ldquoO Breve Festival será um evento de música para falar sobre a música. A ideia é levar a música para todos os cantos da cidade. Deixar o conteúdo ir ao encontro das pessoas. Queremos trocar ideias e experiências, abrir portas para que todos possam fazer e falar de música com a gente. Queremos ouvir e dar voz. Transformar ideias em verbo&rdquo, explica Guilherme Rabelo, um dos idealizadores do evento. 

 

A programação terá início no dia 20 de setembro com a realização de mesas de conversas em espaços culturais, seguindo no dia 21 com uma mini-mostra itinerante com pocket shows em parklets da cidade, no dia 22 com shows gratuitos e simultâneos em casas noturnas, encerrando no dia 23 com as apresentações de 13 atrações locais, nacionais e internacionais, no Mirante Beagá.

 

Em uma manifestação cultural e artística, o Breve Festival, Música Pra Durar mostrará o poder transformador da música através dos tempos. No lineup, bandas e artistas que utilizam a música para escancarar realidades, seja com letras que descortinam um contexto político, social e cultural, ou que trazem uma nova cara para o mercado musical. No dia 23, sábado, no Mirante Beagá, 13 atrações vão se reversar em três palcos, simultaneamente. A contra-cultura tropicalista da década de 1970 com os Novos Baianos a política e o ativismo social nas letras do Baianas System e Graveola a nova MPB e a colaboração com Jeneci, Tulipa e a Banda Bonita da Cidade e a força do rap e ocupação urbanas com o Projota e Emicida estão entre as manifestações do Festival, que se juntarão a Karol Conka, Miami Horror, Iconili, Alta Fidelidade, MOONS e Young Lights. &ldquoA proposta é reunir gerações cujas músicas, ainda que recentes, romperam barreiras. Da contra-cultura tropicalista da década de 1970 à nova era de artistas descobertos na internet, queremos explorar a música em todas suas possibilidades&rdquo, comenta Eduardo Brandão, também idealizador do Festival.

 

 &ldquoBelo Horizonte vive uma verdadeira revolução cultural. Uma cena independente e alternativa cheia de atores e agentes culturais promotores de mudanças cotidianas. Os festivais são uma forma de os produtores da cena darem placo as bandas e aos músicos da cidade. Mas poucos deles trazem uma programação com artistas nacionais e internacionais, muitas vezes por falta de incentivo. Por isso o Breve Festival pensou numa programação de artistas com diferentes contextos históricos, num lineup em que culturas e estilos diferentes conversem promovendo a democracia da música,&rdquo afirma Guilherme.

 

SERVIÇO

Breve Festival, Música Pra Durar

Data: 20 a 23 de setembro

 

Programação:

De 20 a 22 de setembro &ndash Programação Semibreve - mesas de conversas em espaços culturais, mini-mostra itinerante com pocket shows em parklets, shows gratuitos e simultâneos em casas (programação detalhada ainda será divulgada),

 

Dida 23 de setembro &ndash shows Novos Baiano, Baiana System, Miami Horror, Karol Conka Projota, Emicida, Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci, A Banda Mais Bonita da Cidade, Graveola e o Lixo Polifônico, Iconili, Alta Fidelidade, MOONS e Young Lights.

Local: Mirante Beagá

Horário: a partir das 14h

Valores ingressos: 1° Lote R$ 90,00 (meia entrada solidária &ndash mediante doação de um quilo de alimento não perecível na entrada do evento). * Valores sujeitos a alteração a cada virada de lote.

Vendas:  sympla.com.br/brevefestival

Classificação: 18 anos

Informações:  (31) 3889-2003

brevefestival.com | facebook.com/brevefestival | instagram.com/brevefestival

 

Novos Baianos

Os Novos Baianos, Moraes Moreira, Baby do Brasil, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor,               Luiz Galvão, dispensam apresentações. Na estrada com sua turnê &ldquoAcabou Chorare os Novos              Baianos se encontram&rdquo, eles apresentam um repertório marcante, passando por toda a            trajetória da banda. 

 

Baiana System

Donos de uma sonoridade universal e solar, o Baiana System se tornou um dos principais               nomes de um movimento independente que busca ressignificar a música urbana produzida na             Bahia.

 

Miami Horror 

O grupo electro dance australiano, Miami Horror, apresenta seu quarto disco, The Shapes.             Conhecido por seu som diversificado e eclético que mistura influências, The Shapes é um              álbum conceitual, percussivo e colorido, divertido e ousado. 

 

Karol Conka

Desde seu lançamento em 2013, Karol Conka se consolidou na música brasileira. Com             inúmeros singles de sucesso e o seu álbum Batuk Freak, Karol ganhou o Brasil e o mundo, se                  apresentando em palcos de diversos países e arrancando elogios da crítica internacional. 

 

Projota

Desde os primeiros duelos de MCs há nove anos, Projota chega ao seu primeiro disco oficial,                &ldquoFoco, Força e Fé&rdquo (Universal Music). Se revelando em cada rima, abre seu coração nas baladas                românticas ao mesmo tempo em que também escreve letras e bases poderosas sobre             superação, crime, sexo e crítica social.

 

Emicida

Nas ruas desde agosto de 2015 com o elogiado &ldquoSobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições               de Casa&rdquo, Emicida já rodou o mundo, desdobrou-se em clipes marcantes, um documentário             sobre a gravação do disco na África e ainda foi indicado ao Grammy Latino. 

 

Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci

Tulipa Ruiz e Marcelo Jeneci conquistaram o Brasil quando a música &ldquoDia a dia, lado a lado&rdquo foi                  lançada. Uma parceria que celebra o bom momento na trajetória de ambos, que iniciaram na               mesma época e foram aclamados pela crítica e público desde o início. 

 

A Banda Mais Bonita da Cidade

Formada em 2009, A Banda Mais Bonita da Cidade arrebatou fãs numa velocidade inédita com               o clipe da música &ldquoOração&rdquo, presente no primeiro disco do grupo. De lá para cá, foram mais dois discos, sendo o álbum &ldquoDe Cima do Mundo eu Vi o Tempo&rdquo o mais recente, lançado em 2017. 

 

Graveola e o Lixo Polifônico

Da vontade de registrar o seu momento atual, num recorte sonoro festivo e pop, a banda                Graveola e o Lixo Polifônico apresenta seu quinto álbum, Camaleão Borboleta. O disco mostra o amadurecimento da banda, com uma sonoridade elétrica e psicodélica, que mistura ritmos do maracatu, frevo, ijexá, pagode baiano e samba-reggae.

 

Iconili

Com um som brasileiro, tropicalizado e internacional, o grupo instrumental Iconili mantém suas raízes africanas e a abertura para novas experimentações. Misturando a batida do afrobeat  com o samba, o funk, o carimbó, o jazz, o rock e outras influências, o resultado é uma                  contemporânea e potente profusão musical, de sonoridade sofisticada e dançante.

 

 

 

 

Alta Fidelidade

A Alta Fidelidade surgiu em julho de 2009 e já realizou mais de 70 edições. A festa nasceu da                   união de cinco DJs e amigos, colecionadores de vinil, para celebrar a cultura do vinil e da                 discotecagem. Sem barreiras de gênero ou estilo, sejam clássicos ou novidades. 

 

MOONS 

MOONS é um projeto do músico André Travassos que mistura o folk com o space rock e                     pinceladas de música brasileira. Seu álbum de estréia MOONS Songs of Wood & Fire (La               Femme qui Roule, 2016) é um convite para andar através das montanhas de Minas Gerais,               através dos caminhos desconhecidos da imaginação, onde a alma encontra o corpo e o              começo encontra o fim. 

 

Young Lights

Jairo &lsquoJay&rsquo Horsth Paes é o idealizador por trás do Young Lights. Criado em Massachusetts,               EUA, Jay bebeu diretamente do folk durante toda sua vida e esta é uma das características                mais marcantes do som do grupo. Unindo a experiência individual de cada um dos outros               membros do grupo o resultado é uma pegada indie/folk com detalhismo, sentimento e muita              energia ao vivo. 

 

 

 

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

Árvore Gestão de Relacionamento (31) 3194-8700

Direção: Rafael Araújo

 

Atendimento:

Cristina Sanches &ndash (31) 3194.8703 | 9 8489 2098

cristina@aquitemarvore.com.br

 

www.brevefestival.com

+EVENTOS

Eventos

VÍDEOS RECOMENDADOS