Exame médico de Emilly, do BBB 17, vaza na internet

O médico responsável afirmou que pretende processar Marcos Harter pelo vazamento do relatório

por Estado de Minas 28/04/2017 17:48

Globo/Paulo Belote
O relatório médico que constatou agressões em Emilly Araújo (foto: Globo/Paulo Belote)
O relatório médico que constatou agressões em Emilly Araújo, ainda dentro da casa do Big Brother Brasil 17, vazou nas redes sociais. O exame foi realizado após as suspeitas de que a participante gaúcha havia sido agredida por Marcos Harter, seu namorado dentro do programa.

 

"Paciente queixava-se de dor em manobras de compressão em punho direito sem sinais de lesões de continuidade (escoriações, abertura de pele) em pele ou tecido celular subcutâneo. Apresentava pequeno hematoma de cor roxo claro de aproximadamente 2x3cm, região posterior do braço esquerdo sem rotura de pele e outro em antebraço direito de cor roxo claro sem lesões de continuidade em pele", diz o documento, feito pelo médico Dr. Elmo Marques Carneiro Filho. 

 

Este relatório serviu como prova para que o cirurgião plástico fosse denunciado por agressão pelo Ministério Público , que aguarda decisão da Justiça.

 

Reprodução/Twitter
(foto: Reprodução/Twitter)
Segundo o site UOL, o médico se manifestou por meio de seu advogado Ralph Lichotti: "O Dr. Elmo Marques Carneiro Filho não pode dar entrevista sobre fatos que envolvem paciente sua, por imperativa da Ética Médica, que impõe o sigilo profissional, pelo que, respeitosamente, declina de prestar informes à imprensa". 

 

A imagem foi publicada no Twitter por um fã clube do ex-BBB Marcos. Apesar disso, o advogado do médico disse que ainda pretende processar Harter pelo vazamento. "Este cuidado, que todo verdadeiro esculápio deve ter, com os pacientes seus, ou de outros médicos, o Dr. Elmo sempre observou, em seus mais de 50 anos de clínica médica dedicada à nobre missão de mitigar o sofrimento humano; mas não vem demonstrando a mesma circunspecção o Dr. Marcos de Oliveira Harter, pelo que será processado judicialmente nas próximas horas, ante o vazamento indevido de atestado médico", declarou, ainda segundo o UOL, que tentou ouvir Marcos Harter, sem sucesso.

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV