Dançarinas defendem Silvio Santos de acusações de racismo e gordofobia

"O cara tira onda com a filha dele. Porque não tiraria com a gente?", diz comunicado oficial do grupo que participou do Teleton

por Diário de Pernambuco 07/11/2016 17:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/Facebook
"Ser chamada de "gorda" não é ofensa. Esse é um adjetivo nosso", diz grupo de dança plus size (foto: Reprodução/Facebook)
Após repercussão do comentário considerado racista e gordofóbico de Silvio Santos sobre a dançarina negra que participou no Teleton, o grupo de dança saiu em defesa do apresentador. Em comunicado oficial publicado no Facebook nesta segunda-feira (7), elas afirmam que não se sentiram ofendidas. "O cara tira onda com a filha dele. Porque não tiraria com a gente?”, diz o texto. 

Conhecido pela forma descontraída (e muitas vezes sem limites) como trata os convidados, Silvio Santos brincou com Anitta e Daniel. Durante a participação do grupo no programa, os comentários dele sobre a dançarina plus size negra Daiane Silva foram considerados preconceituosos. "Você é muito graciosa. Embora sendo a única negra entre as brancas, é bonita. É bonita de verdade (…) Quem casar contigo vai ter dois prazeres. Um na hora do bem bom e outro na hora em que você sai de cima”. Silvio chegou a perguntar quanto a modelo pesava.

"As pessoas disseram que ficamos constrangidas, que fomos humilhadas. Pra gente ser chamada de "gorda" não é ofensa. Esse é um adjetivo nosso. Nós estamos bem!", esclarecem as dançarinas. "Nós entendemos o comentário dele como se tivesse faltando ali outra negra, que tinha branca demais pra pouca negra. E que sim, somos todas lindas", afirma o grupo.

Elas explicam que receberam tratamento VIP da produção do SBT e elogiaram o apresentador de 85 anos. "O Silvio é super espontâneo, é tanto que o programa dele praticamente não tem roteiro, ele faz o programa. O cara é um mito". O projeto beneficente da emissora arrecada fundos para ajudar pacientes da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). 


Confira a postagem na íntegra:

 

 

TELETON

 

Neste ano, participaram do Teleton Anitta, Paula Fernandes, Aline Barros, Mc Gui, Thaeme e Thiago, Wanessa, João Bosco e Vinícius, Victor e Leo, Zé Felipe, Thiago Abravanel, Maiara e Maraisa, Larissa Manoela e João Guilherme, Daniel e Lucero. Além das apresentações musicais, a emissora transmitiu também reportagens especiais e depoimentos de crianças amparadas pelo projeto.

A primeira edição do Teleton, exibida em maio de 1998, arrecadou mais de R$ 14 milhões, que foram destinados à construção de uma unidade da AACD no Recife. O formato foi criado pelo comediante norte-americano Jerry Lewis, nos anos 1960. O programa era apresentado pelo próprio Lewis, que tinha um filho com distrofia muscular, e foi ao ar pela última vez em 2014.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV