Regina Casé vai à casa dos fãs em nova temporada do 'Esquenta'

Ela aceita convites feitos via carta ou redes sociais para almoçar; gravações ocorrem em diversas partes do país e deverão ter Samuel Rosa e Lô Borges como participantes em Ouro Preto

por Helvécio Carlos 16/10/2016 14:40

Selmy Yassuda/divulgação
Regina Casé estreia nova temporada do 'Esquenta' (foto: Selmy Yassuda/divulgação)
 

Rio de Janeiro – Almoço de domingo com Regina Casé e Esquenta é como frango com quiabo e angu, churrasco ou piscinada na casa do vizinho. Com um detalhe: os encontros entre a apresentadora e a audiência não perdem o tempero e a animação. Pelo menos é o que ela pretende provar a partir deste domingo (16), às 13h45, na estreia do nova temporada do programa exibido pela TV Globo.

“Estamos engantinhando em um formato inovador”, informa Regina Casé. Ela se refere à união de cenas de auditório com externas gravadas na casas dos espectadores. Por meio de carta ou das redes sociais, os fãs, sem a menor cerimônia, chamaram Regina e sua turma para almoçar.

Há três anos, no início do Esquenta, o “formato auditório” trouxe receio à equipe, que sempre quis cair na estrada. “Hoje, estamos todos felizes com o resultado”, conta ela. Mas a vontade de rodar o Brasil estava no DNA da equipe. O resultado, garante a apresentadora, é uma proposta original. “Ainda mais na TV, onde tudo se repete”, completa.

Exibido durante entrevista coletiva, no Rio de Janeiro, o primeiro episódio mostra boa integração entre estúdio e externas. A família cearense que recebe Regina valeria pelo menos dois programas, tantas as histórias para contar.

“Cada programa será de um jeito. O primeiro vai muito na história, na emoção da família. Já em Belém, gravamos na casa de judeus ortodoxos. À maneira deles, ficaram muito animados, felizes por estarmos lá. Na Bahia, ninguém se sentava. Eles assistem ao programa em pé. Essas duas experiências foram interessantíssimas”, adianta Regina.

O público deve esperar surpresas. Uma delas é a Confederação Baiana de Valsa, formada por 40 grupos de adolescentes. “Negros de periferia dançando valsa. A Bahia está viva e o Brasil não se cansa de surpreender”, contou Regina, emocionada.

Minas também entrou no roteiro do Esquenta. A gravação está prevista para daqui a duas semanas, em Ouro Preto, com direito à participação da dupla Samuel Rosa e Lô Borges.

O repórter viajou a convite da Rede Globo

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SÉRIES E TV