Justin Bieber não pode pisar na Argentina que será preso

Cantor foi indiciado por suposta agressão envolvendo um fotógrafo ocorrida em 2013

por Estado de Minas 22/12/2016 09:52
Def Jam Recordings/Divulgação
Justin Bieber não pode pisar na Argentina. (foto: Def Jam Recordings/Divulgação)
Justin Bieber arrumou problemas com a justiça argentina. O cantor foi indiciado por agressão depois que se envolveu em um conflito entre sua equipe e um fotógrafo. De acordo com o site TMZ, os advogados do cantor devem recorrer da decisão em breve alegando que o indiciamento é apenas um chamariz midiático. 

Justin está sendo acusado de ordenar uma surra em um fotógrafo argentino e posteriormente levar o dinheiro e o equipamento do profissional. O episódio ocorreu em 2013, quando o cantor excursionava com a Believe Tour. No ano seguinte, ele foi convocado a prestar depoimento - o que não ocorreu. Sua ausência na sessão levou a um mandato de prisão emitido em 2015. Se pisar no país, Justin será preso. 

Em maio de 2016, ao ser questionado sobre uma possível ida para a Argentina para realização de shows, o cantor alegou que adoraria ir ao país mas, por ora, isso não seria possível. ''Se as coisas mudarem, eu adoraria ir, mas por enquanto eu não posso. Argentina, eu realmente amo você. É, de fato, um dos meus lugares favoritos para cantar'', comentou o cantor. 

Justin deixou a Argentina de fora da etapa sul-amerinaca da turnê Purpose. Ele está com shows marcados em Santiago em 23 de março, Rio de Janeiro no dia 29 de março, São Paulo nos dias 1 e 2 de abril, Lima no dia 5 de abril, Quito no dia 8 de abril e Bogotá em 12 de abril. 

Essa não é a primeira vez que o cantor tem problemas com a justiça. Em 2014, ele foi preso em Miami, na Flórida, por dirigir embriagado e participar de um racha. Na ocasião, Justin resistiu à prisão quando foi abordado pelas autoridades.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA