Marcelo Bonfá e Dado Villa-Lobos falam sobre disputa com filho de Renato Russo

Em comunicado divulgado nesta quinta, 10, músicos citam medidas tomadas pelo herdeiro do vocalista da Legião Urbana em relação à turnê comemorativa dos 30 anos

por Estado de Minas 10/11/2016 17:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Os músicos Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, ex-integrantes do Legião Urbana, emitiram um comunicado na tarde desta quinta, dia 10, em que falam sobre os problemas jurídicos com o herdeiro de Renato Russo, Giuliano Manfredini.

Reprodução/Facebook
A turnê pelos 30 anos da Legião Urbana se encerra no Circo Voador, no Rio (foto: Reprodução/Facebook)

"Queremos lhes dizer que durante os últimos meses da turnê ele moveu uma ação rescisória com o objetivo de derrubar a decisão judicial que nos deu o direito de utilizar o nome da Legião Urbana nas nossas atividades profissionais, mas por duas vezes a justiça o rejeitou.

Paralelamente ele move um novo processo tentando tirar dinheiro desse nosso trabalho por termos usado a “marca” Legião Urbana, sem sequer prestar atenção ao fato de que a nossa não é uma turnê “da” Legião Urbana e sim a nossa forma de comemorar os 30 anos do nosso primeiro disco.

 

Essas questões estão nas mãos dos nossos advogados, Fábio Pereira e Mauricio Maleck, do Veirano Advogados. O nosso lance é trabalhar, fazer música e tocar ao vivo. Se possível, no volume máximo.", diz o texto.

A nota também faz um balanço sobre a turnê comemorativa do Legião que terá suas últimas apresentações nos dias 16 e 17 de dezembro. Confira: "Pouco mais de um ano se passou desde aquele momento em que nos encontrávamos no estúdio para ouvir as fitas e out-takes que a EMI guardou da época da gravação do nosso primeiro disco, e que acabariam fazendo parte de um CD duplo, uma edição comemorativa dos 30 anos do lançamento do que fora nossa estreia no cenário musical brasileiro.

Reprodução/Twitter
Giuliano Manfredini é o herdeiro de Renato Russo (foto: Reprodução/Twitter)

Foi o poder daquelas canções e a atualidade das suas letras que nos despertou a vontade de voltarmos a tocá-las juntos novamente e ao vivo, e dividir com o público aquela emoção que estávamos sentindo. Foi assim que chamamos alguns amigos e embarcamos na aventura de fazer alguns shows para também comemorar, do nosso jeito, os 30 anos do lançamento do nosso primeiro disco, também chamado de “Legião Urbana”.

 

Essa aventura, que de forma totalmente inesperada se extendeu até o ano de 2016, acabou nos levando a dividir essas canções com milhares de pessoas pelo Brasil afora. E é chegada a hora de encerrar esse ciclo. Mas não vamos fazê-lo sem antes voltarmos ao palco do Circo Voador, no Rio de Janeiro, já que foi ali, em 1983, onde - junto com o Renato, quando ainda éramos um trio - nos apresentamos pela primeira vez na cidade que depois viria a ser nossa casa.

 

Assim como em todas as datas desta turnê, nos dias 16 e 17 de Dezembro vamos tocar - naquele mítico palco - as músicas do nosso primeiro disco, na íntegra e na ordem original. Além de confirmar o fim desta turnê comemorativa, esta mensagem tem também o objetivo de agradecer a todos aqueles que colaboraram para fazer dela um sucesso. Queremos agradecer aos parceiros, contratantes e produtores dos shows que acreditaram na nossa proposta artística.

 

Gostaríamos também de agradecer aos jornalistas, à mídia, a toda nossa equipe e aos amigos - músicos e artistas - que compartilharam o palco com a gente. Queremos agradecer, também, de forma muito especial, aos fãs da Legião e ao público que todo final de semana cantou junto conosco esse repertório tão incrível! Temos dedicado nossas vidas à arte e à música, e é graças a esse público tão fiel que tudo isso faz sentido."

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA