Ludmilla lança o álbum 'A danada sou eu'; ouça

Disco chega com as já conhecidas 'Bom', 'Sou eu', 'Abstinência' e 'Tá tudo errado'

por Estado de Minas 21/10/2016 10:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Warner Music Brasil/Divulgação
Ludmilla lança novo álbum, 'A danada sou eu'. (foto: Warner Music Brasil/Divulgação)

 
Dois anos se passaram desde que Ludmilla lançou seu disco de estreia Hoje, em 2014. Nesta sexta-feira, 21, a cantora inicia uma nova fase em sua carreira e lança seu mais novo trabalho, A danada sou eu

O novo trabalho traz o funk carioca com nuances de R&B e black music, o que aproxima a sonoridade do álbum à música pop. Entre as faixas, as já conhecidas Bom, Sou eu, Abstinência e Tá tudo errado. Destaque para: Cheguei e Modo avião, que remonta referências da black music dos anos 90. 

 
A danada sou eu traz três participações. O rapper Filipe Ret, na faixa Abstinência, o americano Jeremih, em Tipo crazy, e o sertanejo Gustavo Lima em Homem é homem

Com 16 faixas, o novo disco é aposta de Ludmilla depois do sucesso de Hoje.

A carioca começou sua carreira postando vídeos no YouTube, conquistando poucas visualizações. O jogo virou em 2012, quando ela gravou a música Fala mal de mim, que alcançou mais de 15 milhões de acessos no site. À época, a cantora se apresentava sob o nome de MC Beyoncé, referência à diva pop norte-americana. 

Depois de um mal-entendido com seu empresário, Ludmilla quase desistiu da carreira. No entanto, em 2014, deu a volta por cima, alterou seu nome artístico e lançou o seu primeiro single com o nome de batismo, Sem querer. No mesmo ano, a cantora assinou o contrato com a Warner Music para lançar seu primeiro álbum. Hoje foi lançado em 2014 e trouxe os singles Te ensinei certin, 24 horas por dia e Hoje, seu maior sucesso.

Sob a alcunha do funk melody, gênero do funk que traz letras centradas em temáticas de amor, Ludmilla lança A danada sou eu, aproximando-se da música pop e dando uma nova guinada na carreira. 

Ouça: 
 
 
 

 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA