Homenagem a Fernando Brant reúne gerações de músicos

Tunai, Nelson Ângelo, Toninho Horta, Fagner e Cláudio Venturini participaram do encerramento do Festival de Corais, que lembrou os 70 anos do letrista

por Ana Clara Brant 09/10/2016 15:32

Ana Clara Brant/EM/D.A Press
Tavinho Moura, Beto Lopes e Mariana Brant cantam na Serra da Piedade (foto: Ana Clara Brant/EM/D.A Press )

Emoção  do início ao fim. Foi assim o encerramento do 14o. Festival Internacional  de Corais (FIC) que aconteceu neste domingo na Serra da Piedade , em Caeté, a 50 km de Belo Horizonte. O grande homenageado deste ano foi o compositor Fernando Brant que completaria 70 anos justamente neste 9 de outubro.

 

Além bandas e corais de todos os cantos de Minas e do Brasil, vários artistas também estiveram presentes e interpretaram os grandes sucessos do músico, sendo boa parte criada em parceria com Milton Nascimento.

A festa começou com um poema lido na voz de Fernando Brant.  Em seguida, o Trio Amaranto  cantou à capela San Vicente.

Cláudio Venturini levou muita gente às  lágrimas com Canção da América. O sino badalou quando Tavinho Moura, Beto Lopes e Mariana Brant, sobrinha do poeta que morreu  em junho de 2015, cantaram Paixão e fé. Tadeu Franco soltou o vozeirão  com Coração  civil e Travessia. Já Toninho Horta interpretou Manoel, o audaz.  Fagner, Tunai, Nelson Ângelo, Tavito , Marina Machado, Cobra Coral entre outros também marcaram presença.

Clássicos da música mineira como Caçador de mim, Tristesse, Vento de maio e Certas canções também fizeram parte da apresentação que contou com familiares, amigos e fãs  de Brant. No final , os artistas cantaram juntos com mil vozes coralistas as músicas tema do Festival, Alô de lá e Sentinela de Minas.

Assista Tadeu Franco interpretando "Travesia":
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA