Spotify ultrapassa a marca de 40 milhões de usuários pagantes

Serviço de streaming teve um aumento de mais de 30% de usuários que pagam para utilizar a plataforma em seis meses

por AFP 14/09/2016 15:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Andrew Burton
Daniel EK, co-fundador do Spotify. (foto: Andrew Burton)
 
A plataforma de música on-line sueca Spotify anunciou nesta quarta-feira, 14, que ultrapassou 40 milhões de usuários que pagam pelo serviço, consolidando seu posto de número um mundial.

''Quarenta é o novo 30. Milhões'', publicou no Twitter o cofundador e diretor-geral do serviço de streaming musical, Daniel Ek.

Uma porta-voz do grupo confirmou à AFP que a declaração do executivo tratava dos assinantes que pagam pelo serviço - que também pode ser utilizado gratuitamente, mas de forma limitada.

Ek se referia, assim, aos 30 milhões de usuários pagantes que a empresa registrou em março passado. Por tanto, o crescimento foi de mais de 30% em seis meses.

 
Spotify está muito à frente do seu principal concorrente, a Apple Music, que tinha cerca de 15 milhões de assinantes em junho. 

No final de junho, o Spotify ultrapassou a marca de 100 milhões de usuários ativos.

O streaming musical cresceu de maneira espetacular no mundo todo nos seis primeiros meses de 2016, mais do que duplicando o nível atingido no mesmo período do ano anterior, segundo a empresa especializada BuzzAngle Music. 

Nos Estados Unidos, o maior mercado, o streaming musical atingiu durante o primeiro semestre de 2016 a marca de 140 bilhões de reproduções, ultrapassando pela primeira vez o número de visitas a vídeos on-line.

Desde que foi lançado na Indonésia, em março, o Spotify está presente em 59 mercados no mundo. Mas ainda não registrou lucros, visto que a maior parte do dinheiro arrecadado foi usado para pagar direitos de autor.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA