Christina Aguilera apresenta música em homenagem às vítimas de Orlando

'Change' foi lançada na semana passada e os lucros serão destinados às famílias das vítimas

24/06/2016 14:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

A cantora Christina Aguilera subiu ao palco do programa Jimmy Kimmel dessa quinta-feira, 23, para fazer uma homenagem às vítimas do atentado à boate Pulse, em Los Angeles. A artista performou pela primeira vez a canção Change, lançada logo após o ataque.

A música, que teria sido escrita para um disco que seria lançado no ano passado, terá todo seu lucro dos próximos três meses destinados às famílias das vítimas do ataque, que deixou 49 mortos e mais de 50 feridos.

 

FAMOSOS PELO FIM DAS ARMAS

Reprodução/Billboard
(foto: Reprodução/Billboard)
Há duas semanas, a boate LGBT Pulse, que fica em Orlando, na Flórida, EUA, foi invadida por um homem armado, que atirou contra os frequentadores. O ataque trouxe de volta à tona o problema causado pelas armas nos Estados Unidos e, nesta semana, a revista Billboard lançou uma campanha a favor do desarmamento.

Uma carta aberta foi divulgada pela publicação, assinado por diversos artistas pop, entre eles Christina Aguilera, Britney Spears, Lady Gaga, e Cher. No comunicado, a revista afirma que "a música sempre foi celebrada em comunhão, em pistas de dança e em casas de show. Mas este ritual de afirmação de vida, como muitas outas experiências diárias - ir à escola, à igreja ou ao trabalho - agora são ameaçadas pela violência das armas neste país".

Confira a carta na íntegra:

"Como principais artistas e executivos na indústria da música, nós estamos somando nossas vozes ao coro dos americanos que pedem mudança.

A música sempre foi celebrada em comunhão, em pistas de dança e em casas de show. Mas este ritual de afirmação da vida, como muitas outras experiências diárias - ir à escola, à igreja ou ao trabalho - agora são ameaçadas pela violência das armas neste país.

A única coisa que conecta as tragédias em Orlando (o massacre na boate LGBT e o assassinato da cantora Chritina Grimmie) é que é muito fácil pra pessoas perigosas botarem suas mãos em armas.

Nós convocamos o Congresso para fazer mais para prevenir a violência armada que mata mais de 90 americanos por dia e fere centenas mais, incluindo as seguintes medidas:

Checar antecedentes de todos os compradores de armas
Bloquear vendas a suspeitos de terrorismo

A Billboard e todos que assinaram imploram a vocês – pessoas eleitas para nos representar – que fechem os pontos cegos mortais que põem vidas de tantos fãs de música, e de todos nós, em risco.
"

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA