Encontro Marcado reúne Flávio Venturini, Sá, Guarabyra e integrantes do grupo 14 Bis

Show vai até domingo no Palácio das Artes. Será a primeira apresentação dos músicos tocando juntos o tempo inteiro. 'Linda juventude' está no repertório

por Walter Sebastião 17/06/2016 10:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Cristiano Quintino/Divulgação
“Somos amigos, começamos a carreira juntos, temos muitas parcerias. Então, é um show divertido de fazer. A nossa proposta é divertir o público: não dá nem para respirar, é hit um atrás do outro pra todo mundo cantar”. Palavras do cantor e compositor Luiz Carlos Sá, que se reúne a Guarabyra, Flávio Venturini e aos integrantes do grupo 14 Bis para se apresentar de hoje a domingo, no Palácio das Artes.

O passeio musical cruza o folk, a música brasileira e o pop rock, valendo-se tanto de peso sonoro quanto de atmosferas mais suaves. O projeto lança nova banda, a Encontro Marcado, fruto da união dos sete artistas.

Será o primeiro show com todo mundo tocando o tempo todo – até agora, cada qual fazia o seu próprio set. “O astral é de amizade”, reforça Luiz Carlos Sá. Afinal, os sete se conhecem há 40 anos. Todos ouviram Beatles (especialmente a partir do disco Revolver), Rolling Stones, Yes e Emerson, Lake and Palmer. “Esses trabalhos, ao colocar harmonia no rock, expandiram o gênero. Se eles puderam fazer isso, nós poderíamos fazer o mesmo com a música brasileira. Ou seja: enriquecer a música de raiz com novo instrumental”, explica o compositor.

Sá lembra que essa turma já havia se encontrado várias vezes no mesmo estúdio – o Vice-Versa, em São Paulo, criado por Luiz Carlos Sá e Rogério Duprat –, atuando em projetos oficiais ou paralelos. Tal vivência tornou muito prazeroso um amigo cantar as canções do outro, dando novas interpretações a músicas já conhecidas.

“A parte vocal está muito bonita. O instrumental ficou forte”, garante Sá, citando a interpretação coletiva de Linda juventude, hit do 14 Bis, que ressurge com dois teclados. Dona, de Sá e Guarabyra, é cantada por Flávio Venturini. Acompanhado dessa dupla, Venturini apresenta O céu de Santo Amaro.

Apesar da dificuldade de conciliar agendas, Encontro Marcado tem dado certo, informa Sá. Tanto é que está sendo criado repertório especialmente para o novo grupo – inclusive com inéditas. “Todo mundo sai feliz, o que traz grande satisfação profissional e pessoal”, observa.

As apresentações em BH vão abrir a turnê que, até setembro, passará por Goiânia (GO), São Paulo (SP), Teófilo Otoni (MG), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ).

ENCONTRO MARCADO
Com Flávio Venturini, Sá & Guarabyra e 14 Bis. Palácio das Artes, Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro, (31) 3236-7400. Sexta e sábado, às 21h. Domingo, às 19h. Sexta/inteira: R$ 140 (plateia 1), R$ 120 (plateia 2) e R$ 100 (plateia superior). Sábado/inteira: R$ 160 (plateia 1), R$ 140 (plateia 2) e R$ 120 (plateia superior). Domingo/inteira: R$ 120 (plateia 1), R$ 100 (plateia 2) e R$ 80 (plateia superior). Meia-entrada de acordo com a lei.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA