Música digital representa 70% do mercado fonográfico nos EUA

Segundo a Associação da Indústria Fonográfica (RIAA), serviços como Spotigy, Apple Music, Vevo e YouTube ganharam espaço no mercado

23/03/2016 16:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/Apple
(foto: Divulgação/Apple)
A indústria fonográfica dos Estados Unidos tem registrado nos últimos anos uma grande mudança. A chegada de serviços digitais que têm ofericido novas plataformas para o público ouvir música incrementou a economia e já tem mais de 70% das vendas registradas nos meios digitais e dowloads. A informação foi divulgada pela RIAA (sigla em inglês para Associação da Indústria Fonográfica) nesta quarta-feira, 23.

Segundo o comunicado, o faturamento total por direitos autorais aumentou, no ano passado, 0,9%, chegando aos US$ 7 bilhões. Dois terços deste valor representam serviços de streaming e dowloads digitais. Esta foi a primeira vez em que a categoria de streaming surgiu como a principal fonte de receita, representando 34,3%. Dentre os serviços, Spotify, Apple Music, Pandora, SiriusXM e sites como YouTube e Vevo têm se destacado.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA