'Mereceu o título de quinto Beatle', diz Paul McCartney sobre George Martin

O ex-produtor musical da banda morreu aos 90 anos.

por Estado de Minas 09/03/2016 09:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Reprodução Instagram
Paul McCartney recorreu ao Instagram para homenagear George Martin (foto: Reprodução Instagram)
"Tenho tantas memórias maravilhosas desse grande homem". Assim, Paul McCartney escreveu no texto de despedida a Geroge Martin, publicado em sua conta no Instagram. O Beatle lamentou a morte do produtor musical atribuindo a ele responsabilidade de guiar a carreira do quarteto com "habilidade e bom humor".

 

George Martin, morreu nesta terça-feira (08/03) aos 90 anos. O baterista da banda Ringo Starr anunciou, pelo Twitter, em primeira mão, a notícia, que foi logo confirmada pela assessoria de Martin.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, Adam Sharp, que representa o produtor, afirmou em comunicado que Martin morreu em casa, sem dar detalhes sobre as circunstâncias.

"Em uma carreira que durou sete décadas ele foi reconhecido globalmente como um dos talentos mais criativos da música e um cavalheiro até o fim da vida", informa a nota.

Conhecido como o "quinto Beatle", Martin foi o responsável por garantir o primeiro contrato dos Beatles com a sua gravadora Parlophone, em 1962, e colaborou em quase todos os álbuns da banda.


"Estou tão triste de ouvir as notícias da morte do querido George Martin. Eu tenho tantas memórias maravilhosas desse grande homem que estará para sempre comigo. Ele era um verdadeiro cavalheiro e era como um segundo pai para mim. Ele guiou a carreira dos Beatles com tanta habilidade e bom humor que virou um verdadeiro amigo para mim e minha família. Se alguém mereceu o título de quinto Beatle, ele foi George. Do dia em que ele conseguiu para os Beatles seu primeiro contrato de gravação até o último dia em que o vi, ele foi a pessoa mais generosa, inteligente e musical que eu tive o prazer de conhecer", escreveu Paul em sua conta no Instagram.

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA