Marilion se apresenta em Belo Horizonte pela terceira vez

O quinteto britânico de rock progressivo faz show no dia 1º de maio

por Ana Clara Brant 23/02/2016 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Carl Glover/Divulgação
(foto: Carl Glover/Divulgação)

Um dos principais representantes do rock progressivo mundial, a banda inglesa Marillion vai aportar em maio em Belo Horizonte. O grupo inglês criado em 1979, inicialmente com o nome de Silmarillion (título de um livro de J. R. R. Tolkien), faz única apresentação no Sesc Palladium em 1º de maio, um domingo, dentro da turnê pela América Latina. O evento é uma promoção cultural do Estado de Minas e do portal UAI. Os ingressos já estão à venda.


Mesmo com o dólar batendo na casa dos R$ 4, Sebastião Jr., sócio da Quanta Produções, que traz os britânicos a BH, decidiu fazer um esforço para que os belo-horizontinos voltassem a ver o quinteto, que já esteve na capital mineira por duas vezes: em 1997 (Serraria Souza Pinto) e em 2014 (Minascentro).

“Além de saber que BH curte bastante o Marillion, já que nas duas ocasiões eles tiveram lotação máxima, é uma questão pessoal, já que é a minha banda preferida. Por isso aproveitamos que eles viriam ao Brasil e conseguimos concretizar essa parceria, mesmo num momento tão adverso. A situação é complicada, mas o mundo não pode parar”, diz Sebastião Jr.

O tour latino-americano da banda, formada por Steve Hogarth (vocais), mais conhecido como H., Steve Rothery (guitarra), Mark Kelly (teclados), Pete Trewavas (baixo) e Ian Mosley (bateria), começa pelo Brasil. Em 29 de abril, eles fazem show em São Paulo (Tom Brasil) e no dia 30, no Rio de Janeiro (Vivo Rio). Depois, seguem para Argentina, Chile e Peru. A vinda da banda coincide com a conclusão do novo disco, o 18º da carreira, ainda sem título.

REPERTÓRIO “Pelo que sei, eles já finalizaram as gravações, mas ainda não definiram a data exata do lançamento. Com certeza, além dos clássicos, a banda vai apresentar por aqui alguma coisa desse projeto inédito”, diz o produtor. Segundo Sebastião Jr., pelo fato de a banda ter recentemente passado mais tempo no Brasil, Argentina e Chile, os músicos passaram a querer homenagear a música latino-americana em sua própria casa. Por isso, há a intenção de o Marillion convidar artistas brasileiros adeptos da música progressiva para participação nos shows.

Um dos pontos que mais chamam a atenção na trajetória da banda – famosa por composições como Kayleigh, Lavender, Beautiful, Hooks in you, Fantastic place, Neverland e Ocean cloud – é sua relação com os fãs. Tanto é que eles são um dos pioneiros do crowdfunding (financiamento coletivo), como lembra Sebastião Jr. “Eles sabem explorar como poucos essa ligação e fazem questão de se aproximar dos fãs. O Marillion faz uma coisa muito interessante: de dois em dois anos, eles se apresentam durante um fim de semana em alguma cidade fora da Inglaterra, geralmente no Canadá ou nos Estados Unidos, e realizam uma programação intensa e diferente só com sucessos. Eles têm muito esse cuidado com seus admiradores.”

Além da banda britânica, outros grupos estrangeiros já confirmaram presença na capital este ano. Os norte-americanos do Maroon 5 fazem show em 11 de março, na Esplanada do Mineirão, que também recebe no dia 19 do mesmo mês os lendários astros do Iron Maiden.

CAMARIM


A Quanta Produções, que produz o show do Marillion em Belo Horizonte, está fazendo uma promoção para proporcionar aos fãs contato direto com a banda, no camarim. Para participar do sorteio é preciso enviar uma foto do ingresso para o Facebook da empresa (facebook.com/quantaproducoes).

MARILLION
Única apresentação dia 1º de maio, no Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro), às 20h. Ingressos: Plateia 1: R$ 350 (inteira), R$ 175 (meia); Plateia 2: R$ 280 (inteira), R$ 140 (meia). Plateia 3: R$ 200  (inteira), R$ 100 (meia). Informações: www.ingresso.com

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA