Rolling Stones ano a ano: confira fatos marcantes na carreira da banda britânica

Em 1964, Mick Jagger previu que os Rolling Stones durariam ''mais um ano''; casamentos, separações, brigas e uma coleção de sucessos preencheram as décadas seguintes na infindável história da banda

por Mariana Peixoto 14/02/2016 10:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Em uma (hoje célebre) entrevista realizada em 1964, o apresentador Michael Parkinson pergunta a um jovem Mick Jagger por quanto tempo ele se imaginava como frontman dos Rolling Stones. “Não sei. Não imaginava que faria isto (tocar e lançar discos) por mais do que dois anos. E ainda somos um grupo novo. Então, acho que ainda podemos ficar por aí por mais um ano.”

 

Muitos tentaram acabar com os Stones. Mas fato é que quando chegar o próximo dia 12 de julho, a banda completará 54 anos. Abaixo, um ano a ano da banda desde 1962. São fatos importantes e muita firula. Afinal, uma das regras do rock’n’roll é nunca se levar muito a sério.

Site oficial/Reprodução
1962: Os Stones só estrearam em palco em 12 de julho, no Marquee Club, em Londres, porque a atração da noite, Alexis Korner%u2019s Blues Incorporated, foi convidada para participar de um programa da rádio BBC no mesmo horário da apresentação. (foto: Site oficial/Reprodução)
1963 A primeira sessão de gravação ocorreu em março. Foram registradas Baby what’s wrong, Bright lights, big city, Diddley daddy, entre outras. As canções estão até hoje inéditas.

1964 Charlie Watts casou-se com Shirley Ann Shepherd, sua mulher até hoje

1965 Keith Richards teria acordado sobressaltado por causa de um riff incrível que trazia na cabeça. Como dormia com um gravador ao lado da cama, gravou e apagou. Quando levantou, descobriu a gravação do riff e também de seu ronco. Em junho, a banda lançava seu maior hit, Satisfaction

1966 Lançada em maio, Paint it black traz uma frase de Ulisses, de James Joyce: “I turn my head until my darkness goes” (Eu viro a cara até que a minha escuridão se vá)

1967 Em agosto, é lançado o single We love you, com backing vocals para lá de luxuosos: John Lennon e Paul McCartney

 


1968 Os Stones descobrem o Brasil. Os primeiros a desembarcar na terrinha para passar férias são Mick Jagger e Keith Richards. As vindas ao país acabaram rendendo um livro, Os Rolling Stones no Brasil: Do descobrimento à conquista (1999), de Nélio Rodrigues

1969 Durante a execução de Under my thumb, durante o Festival de Altamont, em dezembro, o jovem negro Meredith Hunter é assassinado por um integrante dos Hell’s Angels. Foi o fim da era flower power.
Reprodução de internet
1970: Depois de quatro anos de namoro, Mick Jagger e Marianne Faithfull terminam seu relacionamento. Primeira musa da banda, inspirou 'Wild horses', 'You can%u2019t always get what you want' e 'Sister morphine', entre outras (foto: Reprodução de internet)
1971 O selo Rolling Stones Records é lançado com seu próprio logotipo: a boca vermelha com a língua. A imagem, criada por John Pasche, se torna muito maior do que o esperado e vira símbolo da banda.

1972 Em janeiro, Keith Richards sobe ao palco para tocar num show de Chuck Berry, em Los Angeles. O velho ídolo não o reconhece e o manda para fora do palco; Richards estava tocando alto demais
John Hoppy Hopkins/Divulgação
1973: Em junho, Keith Richards é preso em sua casa em Londres por posse de maconha, heroína e remédios (foto: John Hoppy Hopkins/Divulgação)
1974 Mick Jagger e Keith Richards começam a utilizar o pseudônimo The Glimmer Twins para produzir os álbuns da banda. O primeiro a ter essa assinatura é It’s only rock’n’roll

1975 Em substituição a Mick Taylor, que havia deixado os Stones em dezembro do ano anterior, Ron Wood entra para a banda. Antes, o guitarrista havia tocado com os Faces

1976 Depois de Mick Jagger, que se muda para Nova York no início do ano, Ron Wood também emigra para os EUA para fugir das altas taxas britânicas

1977 Keith Richards é detido com grande quantidade de drogas em Toronto, é processado pela Justiça canadense e quase condenado como traficante internacional


1978 Lançamento de Some girls, considerado o melhor álbum da banda desde Exile on main St. (1972), que fechou a primeira fase do grupo

1979 Em abril, os Stones fazem dois shows beneficentes no Canadá como parte da sentença que Keith Richards havia recebido por porte de drogas

1980 Ron Wood participa de várias gravações ao lado de Ringo Starr

1981 Em 18 de dezembro, a banda faz show em Hampton, nos EUA. O registro ao vivo gerou o álbum Hampton Coliseum. Ao apresentar a banda, Jagger canta com o público Feliz aniversário para Richards, que completava 38 anos

1982 É lançada a biografia Mick Jagger in his own words (Mick Jagger em suas próprias palavras)

1983 No dia de seu 40º aniversário (18 de dezembro), Keith Richards casa-se com Patti Hansen, no México. Mick Jagger foi o padrinho

1984 Em Amsterdã, Mick Jagger levou um soco de Charlie Watts por chamá-lo de “meu baterista”

1985 Estreia solo de Jagger, o álbum She’s the boss acaba trazendo o vocalista ao Brasil. Ele grava aqui o clipe de Running out of luck, que acabou, dois anos mais tarde, desdobrando-se num longa-metragem sobre um cantor que vem ao Brasil gravar um clipe e é sequestrado

 


1986 Em fevereiro, a banda faz seu primeiro show em quatro anos para uma plateia de amigos num clube londrino. Era um tributo ao pianista Ian Stewart, morto em dezembro de 1985

1987 Um dos períodos mais críticos da relação Jagger/Richards, referida pelo guitarrista como “terceira guerra Mundial”. Jagger lança seu segundo disco solo, Primitive cool

1988 Lançamento de Talk is cheap, primeiro álbum solo de Keith Richards

1989 Em janeiro, quando são introduzidos no Rock and Roll Hall of Fame, os Stones fazem sua primeira aparição pública desde 1986

1990 Não é difícil saber qual é a canção que Martin Scorsese mais gosta da banda. Gimme shelter está em três longas do diretor. A primeira vez que ele a inclui foi em Os bons companheiros

1991 Os Stones fecham contrato com a Virgin Records por US$ 40 milhões

1992 Como os Stones não fazem show, Charlie Watts aproveita para sair em turnê com seu quinteto de jazz, vindo inclusive ao Brasil

1993 Com a saída do baixista Bill Wyman, Darryl Jones entra em seu lugar. Escolhido por Charlie Watts, ele nunca foi efetivado na banda

1994 Os Stones se tornaram a primeira grande banda a transmitir um show pela internet – foram 20 minutos de uma apresentação em Dallas, em novembro

1995 Quando estava no Rio para a turnê Voodoo lounge, Mick Jagger pediu para mudar de quarto, porque seu vizinho do andar de baixo ouvia sinfonias de Bramhs a todo volume. Era Keith Richards

1996 Ron Wood exibe no Brasil suas pinturas

1997 A banda estreia a turnê Bridges to babylon, que chega ao Brasil no ano seguinte

1998 No Rio de Janeiro, Mick Jagger conhece, numa festa no Rio, a então modelo Luciana Gimenez. Em maio do ano seguinte nasce Lucas, fruto do romance e seu sétimo filho

1999 O divórcio de Mick Jagger e a ex-modelo Jerry Hall é finalizado em julho

2000 Ron Wood é internado na clínica de reabilitação Priory, em Londres, que também recebeu Amy Winehouse e Kate Moss para temporadas de rehab

2001 Mick Jagger produz Enigma, filme de Michael Apted estrelado por Kate Winslet

2002 Keith Richards e Mick Jagger participam do episódio How I spent my Strummer vacation, dos Simpsons

2003 Mick Jagger recebe da Coroa britânica o título de sir. Keith Richards considerou um absurdo o parceiro aceitar o título que simboliza o sistema

2004 Charlie Watts passa por tratamento contra câncer de garganta

2005 Primeiro álbum de estúdio da banda em oito anos, A bigger bang é lançado em setembro, mesmo mês em que a banda dá início, nos EUA, à sua nova turnê{FOTO1]2007 Keith Richards não faz mais do que interpretar a si mesmo no terceiro filme da franquia Piratas do Caribe. O guitarrista vive o Capitão Teague, pai de Jack Sparrow, personagem que Johnny Depp criou, inspirado por Richards
Monica Imbuzeiro / Agencia O Globo - 084 - Rio de Janeiro, 18/02/2006
2006: Os Stones batem novo recorde ao reunir mais de 1 milhão de pessoas em fevereiro, na Praia de Copacabana (foto: Monica Imbuzeiro / Agencia O Globo - 084 - Rio de Janeiro, 18/02/2006)
2008 Shine a light, de Martin Scorsese, registro de show da banda no Beacon Theater, em Nova York, é lançado no Festival de Berlim. Foi a primeira vez que um documentário abriu o evento alemão

 


2009 Relançamento do clássico álbum Exile on Main St. (1972), agora remasterizado

2010 Keith Richards lança sua autobiografia, Vida. “Eu amava Mick, mas não entro no camarim dele há 20 anos. Às vezes eu penso: ‘Sinto falta do meu amigo. Onde ele foi parar?’”, foi um dos petardos que ele soltou no livro, logo transformado em best-seller

2011 É lançando Superheavy, álbum homônimo do supergrupo formado por Mick Jagger, Joss Stone, Damian Marley e Dave Stewart



2012 Em 12 de julho, na comemoração de seu 50º aniversário, a banda aparece em público para uma exposição de fotos em Londres. Bill Wyman e Mick Taylor também estavam presentes
 Andrew Cowie/AFP
2013: Os Rolling Stones fazem sua estreia em Glastonbury, um dos mais importantes festivais de música do mundo (foto: Andrew Cowie/AFP)
2014 Mick Jagger vem a BH assistir no Mineirão à semifinal da Copa do Mundo. O Brasil perde de 7 a 1 para a Alemanha, maior vexame da história da Seleção

2015 Em ranking da revista Forbes, os Stones aparecem em 10º lugar entre os artistas que mais lucraram com show. Detalhe: foram apenas 14 apresentações em 2015, contra 83 da primeira colocada, Taylor Swift

2016 Mick Jagger se une a Martin Scorsese para produzir a série Vinyl, sobre o mundo da música na Nova York dos anos 1970. A estreia será hoje, à 0h, na HBO

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA