Fãs aprovam afinidade de Samuel e Lô Borges em gravação de DVD na capital

Show ocorreu na noite de sexta-feira, no Cine Theatro Brasil Vallourec

por Landercy Hemerson 09/08/2015 12:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Weber Padua/Divulgacao
(foto: Weber Padua/Divulgacao)
A cumplicidade de duas gerações musicais, separadas por duas décadas e estilos diferentes, celebrada no palco e na plateia. Assim podem ser definidos os shows de gravação do DVD ao vivo Samuel Rosa & Lô Borges, no Cine Theatro Brasil Vallourec, em Belo Horizonte. O projeto é o primeiro registro da parceria iniciada em 1999 entre o vocalista do Skank e o integrante do Clube da Esquina.

Na noite de sexta-feira, quem esteve na apresentação conferiu a afinidade musical entre o belo-horizontino Samuel, que nos anos 1990 estourou como nova geração do pop-rock brasileiro, e Lô, que com seus irmãos Marilton e Márcio se uniu a Milton Nascimento para na década de 1970 acrescentar à MPB a sonoridade dos jovens músicos do Bairro Santa Tereza.

No repertório do DVD que fica pronto este ano, releituras de sucessos da dupla. Começando com Feira moderna, composição de Lô, Beto Guedes e Fernando Brant, o setlist de 20 canções do show traz obrigatoriamente Te ver, do Skank, que encantou Borges e deu o pontapé na parceria dos dois músicos e compositores.

“É um momento para se voltar no tempo, sem sair do presente, pela atualidade das interpretações”, descreveu a servidora pública Adriana Quintão, de 51 anos, ao sair da apresentação de cerca de uma hora e meia. “O Clube da Esquina foi trilha sonora de minha juventude. Já o Skank entrou lá em casa, pois tive filho adolescente. Para mim, esse show só reafirma que a boa música não tem idade”, acrescenta.

O casal de administradores Sérgio Nogueira, de 52, e Eliana Nogueira, de 47, também se empolgou com o espetáculo. “Um show altamente prestigiado e animado. Há um grande entrosamento entre os dois que sobrepõe qualquer diferença de gerações musicais. O Lô parece um adolescente ao lado de Samuel”, constatou Sérgio. “Adorei! São dois grandes compositores, com músicas conhecidas, que o público sabe cantar”, aponta Eliana.

INFLUÊNCIAS

Na plateia, não apenas fãs de época de Samuel e Lô. É o caso do casal de irmãos Samuel Lucas, de 16, e Laura Silva Pinto, de 19. “É a primeira vez num show de Lô Borges. Já do Samuel não é a primeira vez, até pela influência que ele teve na escolha do meu nome. Minha mãe é fã do Skank. E gosto de música bem trabalhada, como ouvi aqui hoje”, apontou Samuel Lucas. “Achei bem legal, pela qualidade musical. É um reencontro com canções que a gente ouve ao longo dos anos, em um show contagiante. Ao final, as pessoas não conseguem ficar sentadas”, destacou Laura, lembrando da vibração do público ao som de Para Lennon & McCartney.

A modelo Priscila Assis, de 23, também aprovou a parceria Rosa & Borges. “Esse é só um projeto que registra um importante encontro, com canções que, mesmo não sendo de minha época, estão aí perpetuadas no cenário musical brasileiro.”

SETLIST

Repertório do DVD ao vivo Samuel Rosa & Lô Borges

» Feira moderna
» O trem azul
» Te ver
» Clube da Esquina nº 2
» Resposta
» Quem sabe isso quer dizer amor
» Nenhum segredo
» As noites
» Balada do amor inabalável
» Sutilmente
» Horizonte vertical
» Paisagem da janela
» Amores imperfeitos
» Equatorial
» Trem de doido
» Tudo que você podia ser
» Três lados
» Para Lennon & McCartney
» Dois rios
» Um girassol da cor de seu cabelo

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA