Maria Rita traz a Belo Horizonte a turnê de 'Coração a batucar'

Cantora se apresenta no sábado no Chevrolet Hall

por Ailton Magioli 24/07/2015 12:18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Vicente de Paulo/divulgação
Maria Rita traz a Belo Horizonte a turnê de 'Coração a batucar' (foto: Vicente de Paulo/divulgação)
Mais uma vez, como canta em seu sexto disco solo, Maria Rita mostra que não há nada que a faça mais feliz do que o samba, gênero que voltou a interpretar no elogiado CD 'Coração a batucar' (2014), depois do sucesso de 'Samba meu' (2007).


Atração da noite de sábado no Chevrolet Hall, acompanhada de banda liderada pelo marido, Davi Moraes, a filha de Elis Regina e César Camargo Mariano prova que há muito se livrou do fantasma da mãe, reverenciando o mais brasileiro dos ritmos. O repertório traz composições de Noca da Portela, Xande de Pilares, Serginho Meriti, Almir Guineto, Arlindo Cruz, Joyce Moreno, Rodrigo Maranhão e Gonzaguinha. Hoje, às 19h, ela autografa 'Coração a batucar' na Livraria Fnac, no BH Shopping.

O samba, lembra Maria Rita, faz parte de sua vida. “Ele está aqui para ficar – de 'Samba meu' até 'Coração a batucar', passando por minha participação no bloco Bola Preta (Rio de Janeiro) e na escola Vai Vai (São Paulo)”, diz, referindo-se à campeã do carnaval paulistano de 2015.

A turnê nacional de Coração a batucar ainda não tem data de encerramento. Com dois discos dedicados ao samba alternados com trabalhos em homenagem à mãe e a Gonzaguinha, ela conta que não tem planos para o próximo CD. “Hoje, vivo a música apresentada neste show. É essa a minha verdade. O novo disco surgirá organicamente, ao longo do tempo. Vem com a vida”, afirma, acrescentando que tudo o que faz é fruto de suas próprias emoções, crenças e experiências.

Um projeto totalmente dedicado a apenas um nome não está nos planos da cantora. Já homenagens pontuais podem ocorrer, pois há vários autores em atividade que ela gostaria de gravar. “Todavia, já trabalhei com muitos deles. Um bom exemplo pode ser observado na lista de compositores já gravados por mim. Acima de tudo, procuro canções que traduzam meus sentimentos e o nosso tempo. Essa busca nunca vai parar”, adianta.

BANDA Exibindo divisão própria para cantar samba, a cantora, além do auxílio luxuoso do experiente Jota Moraes nos arranjos, buscou jovens músicos para a banda que a acompanha, formada por Davi Moraes (guitarra), Alberto Continentino (baixo), Wallace Santos (bateria), Rannieri Oliveira (teclados) e Marcelinho Moreira e André Siqueira (percussão).

CORAÇÃO A BATUCAR
Com Maria Rita e banda. Sábado, às 22h. Chevrolet Hall, Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi.  Mesa: R$ 600 (setor 1) e R$ 520 (setor 2). Arquibancada: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (estudantes e idosos). Informações: (31) 3209-8989.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA