Sarah Brightman faz única apresentação nesta terça-feira, no Chevrolet Hall

Espetáculo encerra turnê brasileira de 'Dreamchaser', seu mais recente CD. Ainda no repertório clássicos da carreira

por 03/12/2013 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Gus Ruelas/Reuters
Sarah Brightman será a primeira cantora a participar de uma viagem ao espaço, o que deve ocorrer em 2015 (foto: Gus Ruelas/Reuters)
Mais popular espetáculo da Broadway, em cartaz desde 1986, 'O fantasma da ópera' tem uma musa. Na época, o compositor Andrew Lloyd Webber tinha acabado de se casar com a soprano Sarah Brightman, que tinha conhecido no elenco de Cats. Foi feito para seu alcance vocal o papel da cantora e bailarina Christine Daaé, que se torna a obsessão de um gênio musical. A cantora britânica foi a protagonista de outras montagens de Webber, como 'Aspects of love e Carrousel'. A carreira solo começou pouco antes do ocaso do casamento, no fim daquela década. Desde 'The trees they grow so high' (1988), Brightman já vendeu 30 milhões de álbuns, que renderam 180 discos de ouro e platina em 40 países. Hoje, no Chevrolet Hall, a soprano encerra a turnê brasileira de 'Dreamchaser', seu mais recente álbum.

O trabalho, lançado em janeiro, foi produzido sob o impacto do anúncio de que Brightman será a primeira cantora a participar de uma viagem no espaço, o que deve ocorrer em 2015, quando ela terminar a atual turnê. Tanto por isso, o álbum, seu 11º de estúdio, é aberto com a canção 'Angel', que traz um clima espacial, enfatizado pelas cordas excessivas e percussão eletrônica. No disco, há ainda uma gravação para 'Ave Maria' e de 'Venus and Mars', de Paul e Linda McCartney.

Uma das explicações para a popularidade da soprano é sua diversidade. Com um alcance vocal impressionante (mais de três oitavas), ela é ainda conhecida como uma das pioneiras da música clássica crossover. Tanto por isso, conseguiu a façanha de ser a única artista a conquistar, simultaneamente, o topo das paradas dance e de música clássica da Billboard. Já tendo dividido palco com nomes como Andrea Bocelli (gravou em dueto a música Time to say goodbye, single que vendeu 12 milhões de cópias), Placido Domingo e José Carreras, Brightman, hoje com 53 anos, carrega ainda o título de ter sido a primeira artista a cantar em dois Jogos Olímpicos (de Barcelona, em 1992, e de Pequim, em 2008).

O Brasil faz parte da agenda da cantora há alguns anos. Sua mais recente vinda ao país foi em 2009, quando apresentou shows da turnê A winter symphony. Já em Dreamland, ainda que enfatize o repertório do novo álbum, ela também interpreta canções que fazem parte de sua história, como A question of honour e La luna, versão para Moon river, mais conhecida como canção do filme Bonequinha de luxo. Obviamente, a música-tema d’O fantasma da ópera não vai faltar na apresentação desta noite.

SARAH BRIGHTMAN

Hoje, às 21h30. Chevrolet Hall, Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, (31) 4003-5588. Ingressos: Cadeira premium – R$ 600 e R$ 300 (meia); cadeira setor 1 – R$ 500 e R$ 250 (meia); cadeira setor 2 – R$ 400 e R$ 200 (meia); arquibancada – R$ 250 e R$ 125 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA