Johnny Depp insinua assassinato de Donald Trump e provoca polêmica

'Quando foi a última vez que um ator matou um presidente?', questionou durante festival no Reino Unido

por Estado de Minas 23/06/2017 10:01
Ali Scarff/AFP
Johnny Depp faz declaração polêmica durante apresentação de filme no festival Glastonbury, no Reino Unido. (foto: Ali Scarff/AFP)
Johnny Depp causou polêmica durante sua participação no Cinemageddon, evento inserido no Festival Glastonbury, no Reino Unido, na noite desta quinta-feira, 22. O astro de cinema polemizou ao insinuar uma ameaça de morte ao atual presidente norte-americano, Donald Trump

''Vocês podem trazer Trump aqui?'', disse, provocando os espectadores. ''Vocês entenderam errado. Quando foi a última vez que um ator matou o presidente?''. 
 
Em seguida, ele tentou enclarecer a afirmação e sustentou a ideia que de ''não é um ator''. ''Eu tenho mentido para levar a vida. Mas faz um tempo. Talvez seja hora'', acrescentou. Johnny Depp participou do painel para lançar o filme The Libertine, o primeiro dos três que ele selecionou para mostrar no evento britânico

Enquanto discursava à plateia, Depp reconheceu o caráter controverso de sua declaração. ''Isso vai estar na imprensa e vai ser horrível'', disse, e logo se defendeu: ''É apenas uma pergunta e não uma insinuação''
 
 
 
Em comunicado publicado nesta sexta-feira, 23, a Casa Branca repudiou a fala do ator. ''O presidente Trump condena todas as formas de violência e é triste que pessoas como Johnny Depp não siga o seu exemplo'', diz. ''Esperamos que os colegas do Sr. Depp se posicionem contrariamente à falas deste tipo tão fortemente como fariam se elas fossem dirigidas a um candidato Democrata eleito''. 
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO