Produtor de Kesha, Dr. Luke nega acusações de abuso sexual

''Eu não estuprei a Kesha, nunca fiz sexo com ela. Nós éramos amigos há muitos anos e ela era como uma irmã para mim'', afirma

por Correio Braziliense 24/02/2016 15:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Billboard/Reprodução
Dr. Luke e Kesha se enfrentam nos tribunais desde 2011 (foto: Billboard/Reprodução)
O músico e produtor norte-americano Dr. Luke, responsável por sucessos de artistas como Katy Perry e Miley Cyrus, se pronunciou sobre as acusões de que teria praticado abuso sexual em Kesha, a quem teria ajudado a alcançar a fama com o sucesso Tik tok. 

"Eu não estuprei a Kesha, nunca fiz sexo com ela. Nós éramos amigos há muitos anos e ela era como uma irmã para mim. Imagine se alguém que você ama acusa você publicamente de estupro, sabendo que é algo que você não cometeu", afirmou Luke, através do Twitter.

O caso de Kesha e Dr. Luke ganhou nova repercussão após julgamento neste mês, que definiu que a artista é legalmente obrigada a continuar trabalhando com Luke, sob o selo Sony Music.

Ela acusa o produto de abusos físicos, sexuais, verbais e emocionais. A Sony e Dr. Luke, por sua vez, afirmam que a cantora ainda tem três álbuns restantes a cumprir - de cinco prometidos em contrato. Enquanto nova audiência não é marcada, artistas como Taylor Swift, Lorde e Lady Gaga apoiam Kesha e endossam campanha virtual alimentada massivamente por fãs, representada pela hashtag #FreeKesha.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO