Cineasta Anna Muylaert, de 'Que horas ela volta?', tem perfil suspenso no Facebook

Denúncias de conteúdo explícito resultaram no bloqueio do perfil. Fãs e celebridades se mobilizaram

por Diário de Pernambuco 11/11/2015 15:44

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/Reprodução
Caso de Muylaert foi comparado com o da vlogueira feminista Jout Jout (foto: Facebook/Reprodução )
A cineasta paulista Anna Muylaert, diretora de Que horas ela volta?, o pré-indicado do Brasil à categoria de melhor filme estrangeiro do Oscar, teve o perfil no Facebook suspenso temporariamente nesta terça-feira (10). Segundo ela, o perfil foi denunciado por supostamente conter imagens com nudez explícita. Em entrevista ao site HuffPost Brasil, ela afirmou: "As fotos que o Facebook me mostrou não tem nenhum nu. Ou seja, alguém fez uma denúncia falsa. Isso é só o que sei".

O caso chamou a atenção nas redes sociais, em parte pelo posicionamento feminista de Muylaert. Os internautas notaram similaridades com a suspensão da fanpage da vlogueira Jout Jout. Ela foi excluída do site dois dias após a página Orgulho de Ser Hétero ser retirada do Facebook e uma semana depois de divulgar o vídeo Vamos fazer um escândalo na conta dela no YouTube. Outra página defensora dos direitos da mulher removida do Facebook é a Feminismo sem Demagogia.

No Twitter, fãs e celebridades criticaram a posição do Facebook, como a atriz Suzana Vieira: "Como existe gente de mal com a vida né??? Espero que a conta da querida Anna Muylaert seja reativada logo".

Em agosto, ela esteve no epicentro de uma polêmica com Lírio Ferreira (Sangue azul) e Cláudio Assis (Febre do rato). Durante um debate sobre Que horas ela volta? no cinema da Fundação Joaquim Nabuco, no Derby, os dois, bêbados, interromperam a cineasta com comentários inconvenientes. Nas redes sociais, foram acusados de machismo, homofobia e gordofobia. Os filmes deles não serão exibidos nas salas da instituição por um ano.

A cineasta se destacou por filmes como Durval Discos (2002) e É proibido fumar (2009), além de ser roteirista de longas como O ano em que meus pais saíram de férias (2006). Protagonizado por Regina Casé, Que horas ela Volta? mostra a história da pernambucana Val, que deixa o Nordeste para trabalhar como doméstica em uma residência de luxo em São Paulo. O filme representa o Brasil na disputa por vaga no Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO