Preso por agressão sexual diz que imitava cenas de 'Cinquenta tons de cinza'

Jovem de 19 anos alegou à Justiça dos EUA que se inspirou no filme ao amarrar, amordaçar, vendar e bater em mulher no estado de Illinois

por Fernanda Machado AFP 24/02/2015 19:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Universal/Divulgação
Mohammad Hossain, de 19 anos, diz que pretendia repetir sensualidade de Christian Grey (foto: Universal/Divulgação)
Um estudante de Chicago, norte dos Estados Unidos, foi acusado de agressão sexual depois de ter tentado imitar, segundo relatou, cenas sadomasoquistas do filme 'Cinquenta tons de cinza', informou nesta terça-feira a imprensa americana. Mohammad Hossain, um estudante de engenharia de 19 anos, foi preso depois que um juiz do condado de Cook, Adam Bourgeois, o impôs uma fiança de US$ 500 mil.

 

Veja horários e salas de exibição para 'Cinquenta tons de cinza'

 

O jovem foi encontrado no sábado em seu quarto na universidade de Illinois com uma jovem que "já tinha tido intimidade", segundo a acusação citada por ele no diário Chicago Tribune. Com características similares às cenas do filme, de Sam Taylor-Johnson, Hossain atou com correntes as mãos e as pernas da menina, tampou sua boca com uma corda e os olhos com um gorro, antes de bater nela com um cinto e com suas mãos.

 

A jovem havia pedido que parasse porque estava doendo, mas o jovem continuou batendo nela. Quando ela soltou seus braços, ele conseguiu pegá-los e a agrediu sexualmente, segundo a acusação. Quando Hossain foi interrogado, ele afirmou que estavam repetindo algumas cenas do filme e admitiu a agressão afirmando "ter feito algo ruim".

Lançado nos Estados Unidos no dia de São Valentim, o filme baseado em um romance homônimo de E.L. James conta a história de amor e submissão entre o milionário Christian Grey e uma jovem de 22 anos, ainda virgem, seduzida durante uma entrevista.

Apesar da espera por um filme mais fiel à intensidade erótica do romance que conquistou milhões de leitores - sobretudo mulheres-, o filme lidera por duas semanas consecutivas o ranking americano, com uma arrecadação total de 130 milhões de dólares.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO