Matt Groening se inspirou na própria família para criar 'Os Simpsons'

O criador veio de uma cidade do interior e fez vários bicos antes da fama

por e Correio Braziliense 17/12/2014 09:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reuters/MarioAnzuoni
Matt Groening em meio aos personagens de Os Simpsons (foto: Reuters/MarioAnzuoni)
Como alguém pode ter surgido com a ideia inicial para 'Os Simpsons' e ter trabalhado nela pelos últimos 25 anos sem perder o encanto? A resposta parece estar em uma famosa declaração do criador da série, Matt Groening. "A maioria dos adultos se esquece de como é ser criança. Eu jurei que jamais esqueceria."

Norte-americano, nascido em Portland, no estado de Oregon, Matt é o filho do meio de uma família de cinco; os irmãos mais velhos Mark e Patty e as mais novas Liza e Maggie, de onde o escritor e cartunista tirou os nomes para as filhas do casal Homer e Marge Simpson - que também são homenagens aos próprios pais de Matt. Sua mãe era Margaret Ruth, uma descendente de noruegueses que foi professora, e seu pai era Homer Philip, de origem alemã, que foi diretor de cinema e cartunista.

Com esse histórico familiar e uma liberdade para escolher qual carreira seguir, Matt cursou Artes na Evergreen State College, no estado de Washigton, que ele definiu como "uma escola hippie, sem matérias obrigatórias ou notas, que formou todos os esquisitos daquela parte do país".

No final dos anos 1970, aos 23 anos, Groening se mudou para Los Angeles decidido a perseguir o sonho de se tornar um escritor. Após fazer bicos limpando mesas, em figuração de filmes e como ghostwritter, ele começou a desenhar uma história em quadrinhos chamada Life in Hell ( A vida no inferno), que era uma forma de descrever sua vida na cidade grande para os amigos.

As tirinhas viriam a se tornar um sucesso, garantindo à Groening um emprego e uma coluna no jornal alternativo Los Angeles Reader. Life in hell chamou à atenção do produtor de Hollywood James L. Brooks. Em 1985,, ele ofereceu um contrato ao cartunista para que começasse à trabalhar numa série de esquetes animadas para os intervalos do programa da rede Fox.

Matt então rascunhou personagens de uma família incomum, em uma cidade fictícia com um nome comum o suficiente para qualquer norte-americano. E assim surgiram os Simpsons.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO