Carla Bruni diz que não se arrepende dos tempos de primeira-dama da França

Cantora franco-italiana falou sobre experiência vivida ao lado do marido, o ex-presidente Nikolas Sarkozy

por AFP Fernanda Machado 24/04/2014 18:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

REUTERS/Benoit Tessier
Carla Bruni assumiu a posição de primeira-dama da França durante o mandato do marido, Nikolas Sarkozy, que comandou o Executivo do país entre 2007 e 2012 (foto: REUTERS/Benoit Tessier )
A cantora Carla Bruni revelou nesta quinta-feira, 24, a uma rede de televisão norte-americana que não se arrepende da vida de primeira-dama e que adorava "estar na estrada", algumas horas antes de se apresentar em Nova York. "De jeito nenhum, não, não, não", disse Bruni a um jornalista do canal NBC, ao ser perguntada sobre possíveis arrependimentos dos tempos de primeira-dama da França.

"Estar na estrada é muito bom. Eu adoro descobrir novos lugares", declarou a esposa do ex-presidente francês Nicolas Sarkozy. Carla Bruni, 46 anos, começou nesta segunda-feira, em Montreal, a primeira turnê norte-americana para divulgar seu último álbum, "Little French songs".

REUTERS
Cantora faz turnê pela América do Norte para divulgar o álbum 'Little french songs' (2013) (foto: REUTERS)
Após o show no Town Hall, de Nova York, ela se apresentará no próximo sábado em Los Angeles. Nicolas Sarkozy acompanha a cantora na viagem. Na quarta-feira, o casal aproveitou para levar a filha, Giulia, de 2 anos e meio, para um passeio nas tradicionais charretes de Nova York.

 

Confira Carla Bruni em performance de 'Little french song':

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO