Sean Kingston é implicado em caso de estupro de adolescente, diz site

Rapper é processado por suposto abuso coletivo de uma jovem bêbada. Incidente teria ocorrido em 2010

por Fernanda Machado 30/08/2013 11:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Danny Moloshok
Sean Kingston é processado por jovem que afirma ter sido estuprada por ele em 2010. Rapper afirma que o sexo foi consensual (foto: REUTERS/Danny Moloshok )
Conhecido pelo hit 'Beautiful girls', Sean Kingston pode ter sua carreira manchada por um escândalo nos tribunais americanos. Segundo o site de celebridades TMZ, o rapper de 23 anos estaria implicado em um caso de estupro coletivo de uma jovem de 19 anos. O processo é movido na Justiça por Carissa Capeloto, agora com 22 anos. De acordo com a jovem Kingston, um segurança e um membro de sua banda teriam abusado dela enquanto estava bêbada. O incidente teria ocorrido em um quarto de hotel em Seatle, em 2010. Capeloto teria sido convidada para ir ao quarto de Kingston após uma apresentação do rapper ao lado de Justin Bieber, Ao chegar no local, ela teria se deparado com Kingston nú em sua cama e sido forçada pelo segurança a ter relações sexuais com os três homens. A jovem foi resgatada por uma amiga e levada a um hospital local, onde teria sido examinada e sinais de estupro constatados. Kingston nega o ocorrido e afirma que o sexo foi consensual. À época, o caso foi arquivado pela polícia, que considerou que Carissa %u201Cnão tinha credibilidade o suficiente%u201D para confirmar o incidente. Ainda conforme o TMZ, Capeloto afirma que sua vida foi arruinada pelo incidente. Ela teria afirmado sofrer de insônia, ataques de pânico e mudanças bruscas de humor, e exige indenização de US$ 5 milhões do cantor. Tanto Kingston quanto seus dois funcionários são alvo do processo litigioso.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO