Veja os momentos mais constrangedores protagonizados por artistas em premiações

O Divirta-se escolheu dez momentos embaraçosos para as estrelas; veja a lista abaixo

03/07/2013 11:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 (Robyn Beck/AFP Photo)
Entre um dos momentos constrangedores, a atriz Jennifer Lawrence cai no Oscar em 2013 (foto: (Robyn Beck/AFP Photo))
Em premiações é possível acontecer de tudo. Desde um tombo em uma escada até mesmo uma atriz que foi ao banheiro na hora em que deveria receber o prêmio. As gafes acontecem ao vivo e é preciso improvisar da melhor forma possível. O Divirta-se escolheu dez momentos embaraçosos para as estrelas durante premiações. Veja a lista abaixo e confira o vídeo dos momentos.

 

O ator Marlon Brando recusou o Oscar que recebeu por O Poderoso Chefão e enviou para receber a estatueta em seu lugar uma índia. Segundo a moça, o ator queria protestar contra a falta de espaço para os nativo-americanos no cinema. A plateia se dividiu entre o silêncio atônito, o aplauso e as vaias.

Quando Martin Landau venceu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Ed Wood, Samuel L. Jackson, que competia por Pulp Fiction, soltou um palavrão bem perceptível pelas câmera.

 

A atriz Christine Lahti ganhou o Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por Chicago Hope. Porém, durante a premiação, Christine estava no banheiro. Enquanto o ator Robin Williams, que entregava o prêmio, improvisava, a atriz, em uma cena cômica, corre e sobe ao palco, com papel em punhos e visivelmente constrangida.  



O célebre diretor James Cameron ganhou o Oscar de Melhor Diretor em 1998 pelo longa-metragem Titanic. Ao final do discurso, ele diz com petulância a frase: 'Sou o rei do mundo', e sai rindo. Ele foi duramente criticado por colegas e pela imprensa por ter tido um discurso petulante.



Pelo filme italiano, do qual foi diretor e protagonista, Benigni recebeu as estatuetas de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Ator por A Vida é Bela. Além das vitórias serem discutíveis, ele subiu ao palco fazendo graça, subindo na poltrona, dando pulinhos, correndo e quase caindo durante o caminho.



A cantora islandesa Björk surpreendeu como atriz em Dançando no Escuro e recebeu uma indicação ao Oscar pela canção I've Seen It All, que compôs especialmente para o filme. A letra tem um belo conteúdo, mas ficou difícil prestar atenção em qualquer coisa que não fosse seu traje em forma de cisne.

Ao receber o prêmio de Melhor Ator por O Pianista, Adrien Brody causou não só por lascar um beijo de cinema em Halle Berry, mas também por fazer um discurso elegante, sóbrio e educado, onde mencionava a situação crítica na Guerra do Iraque sem tomar partidos. 

 
A cantora Taylor Swift conquistou o prêmio de Melhor Videoclipe Feminino do Ano por You Belong With Me, no MTV Movie Awards. O rapper Kanye West cometeu a gafe de tomar o microfone da cantora e elogiar a cantora Beyoncé, dizendo que ela era merecedora do prêmio pelo clipe Single Ladies. Taylor ficou em completo silêncio até ser convidada a sair do palco pelos apresentadores da categoria do prêmio.



A banda Restart ganhou seis prêmios no VMB, da MTV, pelo clipe Menina Estranha. Ao comemorar, os fãs que se encontravam no local não gostaram do resultado e vaiaram o grupo. Pê Lanza, um dos integrantes, pegou o microfone e disse que todos poderiam vaiar a vontade, pois eles mereceram o prêmio.



A atriz Jennifer Lawrence venceu o Oscar de Melhor Atriz por O Lado Bom da Vida. A atriz, aparentemente nervosa, caiu ao subir as escadas e passou por alguns segundos de vergonha. Ao fazer o discurso, a plateia se levantou para aplaudí-la e ela respondeu: "Vocês só estão aplaudindo de pé porque eu caí, mas muito obrigada".

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO