Ginásios do Pokémon Go são alvo de hackers

Com uso de GPS falso, eles invadiram o jogo, caçaram as criaturas sem sair de casa e conquistaram ginásios em duelos desiguais com outros jogadores

por André Lopes Benny Cohen 05/08/2016 12:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Como era de se esperar, hackers já atrapalharam a vida do Pokémon Go.

Vários deles são brasileiros.

reprodução
(foto: reprodução)
Como o jogo demorou a chegar ao país, os hackers usaram GPS falso e uma versão não oficial do jogo, evoluindo a experiência com os monstrinhos, sem sair de casa para caçá-los. Um hacker no Brasil, por exemplo, pode simular que estava em Nova York e capturar as criaturas à distância.


Nesta imagem ao lado, vê-se um pokémon hiper evoluído com apenas um dia de captura.

A artimanha fez com que hackers "dominassem" ginásios com facilidade, impossibilitando outros jogadores de ter uma disputa mais justa.

Os ginásios são arenas de duelo de Pokémon, onde treinadores disputam o domínio do local.

O site da Niantic, desenvolvedora do Pokémon Go, agora tem uma página para denunciar hackers. Basta preencher os campos com os dados requeridos e os problemas encontrados. A empresa já atendeu a alguns pedidos e removeu ''trapaceiros'' de alguns ginásios.

O site Pokémon Go no Brasil e a comunidade no Facebook do Pokémon Go no Brasil também têm espaço para denunciar hackers.

André Lopes é social media da Mopix.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GAMES