Game Overwatch é referência visual, com ação intensa e jogabilidade dinâmica

Overwatch tem ótima recepção do público no beta aberto e potencial para ser o grande nome da Blizzard em 2016

por André Lopes 17/05/2016 14:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Blizzard/Divulgação
Game chama atenção pelo visual nerd-pop (foto: Blizzard/Divulgação)

O Overwatch deu as caras ao público na fase de testes – que aconteceu entre 5 a 10 de Maio - e vem muito inspirado na cultura nerd-pop atual. Com lançamento oficial marcado para a próxima segunda feira (23), o novo shooter da Blizzard bebe na fonte dos grandes jogos, composto por referências visuais e ação intensa, aliada a uma jogabilidade dinâmica. No melhor estilo animação da Disney, o game traz elementos divertidos e atrativos para o jogador. Como de costume, a produtora não deixa o mercado brasileiro de lado: todo jogo é em português, inclusive as falas, legendas e textos. Desenvolvido para Playstation 4, Xbox One e Computador, ele terá servidores nacionais nas plataformas, reduzindo os lags, aumentando a qualidade das partidas (Veja nota do nosso teste ao fim da reportagem)

Mantendo belas introduções cinematográficas, Overwatch tem um visual cartoon no melhor estilo Big Hero 6 e Detona Ralf. Os teasers e filmes promocionais são curtas-metragens dignos de uma série animada, aumentando ainda mais a expectativa do jogador em poder “interpretar” aquele personagem que vê na tela, um estímulo que funciona perfeitamente na maioria dos títulos da desenvolvedora. E nesse, não é diferente.

Blizzard/Divulgação
Soldado 76 (esq.) é um personagem Ofensivo; Windowmaker está na classe dos defensivos (foto: Blizzard/Divulgação)

Seus 21 personagens, os heróis, têm jogabilidade única e características especiais dentro do game que fazem a interação entre os players ser dinâmica, combinando suas habilidades. Divididos em 4 classes, Ofensivo, Defensivo, Tanque e Suporte, os heróis são a grande atração do game. Carismáticos e singulares, eles aumentam a identificação do jogador com o visual e sua jogabilidade é inspirada em games consagrados em cada personagem. A personagem Pharah, por exemplo, tem uma jogabilidade parecida com os jogos Unreal Tournament e Quake, com direito a lança míssil, super-pulo e voo; Windowmaker é uma espécie de Viúva Negra, especialista em tiro à longa distancia; o Soldado 76 é mais clássico, usa uma metralhadora com lança-granadas, tem corrida simples, ideal para os jogadores que estão acostumados com os games de guerra como Call of Duty e Battlefield. E não para por aí, mais corajoso é o personagem Roadhog, parece que caiu de outro game em Overwatch, ele usa um gancho para puxar os inimigos para perto dele e finalizá-los, além de ser um personagem resistente e grande, características muito parecidas com de Pudge, do Dota 2. Por ser um jogo novo, os próprios personagens do jogo adaptam o jogador ao que ele está mais acostumado e apto. A junção de FPS (Tiro em Primeira Pessoa) e MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) é técnica muito bem explorada no game e se encaixa perfeitamente na proposta do jogo. Além de bonita, a ação é muito bem construída e facilmente jogável, apesar da alta movimentação na tela. Funciona tão bem nos consoles quanto no PC. Nesse contexto, ele familiariza o jogador mais veterano e chama atenção do novato, sem perder os fiéis fãs da produtora.

Disponível para PS4, XOne e PC ele chega a partir R$ 159,99 nas três plataformas. Com sua fama já consagrada nos PCs, a desenvolvedora de Diablo e World of Warcraft mergulha de vez nos consoles, é corajosa em desenvolver um shooter tão diferenciado em relação ao demais. Por isso tem potencial para ser seu grande nome em 2016. Com uma ótima recepção do público, seu beta aberto atraiu 9,7 Milhões de jogadores em todo o mundo nas três plataformas. Vamos ver se ele continuará sendo jogado em sua versão paga, já que há muitos jogadores de multiplayers online gratuitos nas diferentes plataformas.

André Lopes é social media da Mopix

AVALIAÇÃO

->12345678910
/10

VANTAGENS

  • Seu visual e jogabilidade comungam perfeitamente, as referências à cultura pop são evidentes, mas sutis, sem perder a direção. Não é um jogo que apresenta mais do que ele pode, ele cumpre as nossas expectativas.
  • Jogabilidade fácil, ágil e dinâmica faz com que o jogo seja bem competitivo. Seus personagens com habilidades únicas funcionam, além dos tutoriais serem bem elaborados.
  • Visual cartoon no melhor estilo nerd-pop faz a linguagem ser mais atrativa.

DESVANTAGENS

  • Entendo a coragem da Blizzard em cobrar caro por um grande game. Mas em um multiplayer online com poucos modos de jogo, R$ 159,99 é um preço que destoa do mercado nacional.
  • Poucos modos de jogo. Se o jogo não tiver um conteúdo adicional (ex. personagens, mapas, modo história) acaba ficando enjoativo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GAMES