Propaganda da Pepsi com Kendall gera críticas e é retirado do ar

Os internautas criticaram a marca por usar movimentos de resistência como forma de vender refrigerantes

por Estado de Minas 05/04/2017 18:47

Reprodução/Youtube
No novo comercial, Kendall oferece uma latinha a um policial em meio a um protesto, como forma "selar a paz" (foto: Reprodução/Youtube)
A empresa de refrigerantes da Pepsi lançou nesta semana um comercial estrelado por Kendall Jenner. A propaganda, no entanto, foi alvo de críticas nas redes sociais.

 

O comercial mostra vários jovens marchando pelas ruas em forma de protesto, enquanto Kendall Jenner posa para um ensaio fotográfico. A modelo acaba por se juntar a eles, segurando uma lata de Pepsi na mão. Em seguida, Kendall vai até um policial e o oferece uma latinha, como forma de "selar a paz". O policial bebe o refrigerante e todos comemoram.

No entanto, os internautas criticaram a marca de usar a imagem de movimento de resistências, como o 'Black Lives Matter' e as manifestações contra a política de Trump, como forma de vender refrigerantes. "Então nós só temos que dar uma lata de Pepsi a Putin, Assad e Trump, e tudo vai ficar bem", escreveu uma usuária.

 

Com toda repercussão negativa, a empresa resolveu tirar o comercial do ar e divulgou uma declaração pedindo desculpas, inclusive à Kendall, que ainda não se manifestou sobre a polêmica.

 

"A Pepsi estava tentando proteger uma mensagem global de união, paz e compreensão. Claramente, nós erramos na estratégia, e pedimos desculpas. Nossa intenção não foi diminuir nenhuma causa séria. Estamos removendo o conteúdo e interrompendo qualquer lançamento futuro. Também pedimos desculpas por coloacar Kendall Jenner nesta posição". 

 

 

Confira a repercussão: 

 

 

 

 

 

 

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS