David Hockney ganha retrospectiva na Tate Britain

Museu de Londres anuncia, para fevereiro de 2017, a maior exposição de um dos criadores da Pop Art

por Walter Sebastião 23/02/2016 14:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO/LEON NEAL
David Hockney, um dos mais influentes pintores, ganha exposição em celebração aos seus 80 anos (foto: AFP PHOTO/LEON NEAL)
A Tate Britain, um dos mais importantes espaços de arte de Londres, anunciou, no último final de semana, que vai realizar, em fevereiro de 2017, uma das maiores retrospectivas já dedicada ao pintor David Hockney. A mostra, prevista para ser aberta em fevereiro de 2017, é celebração dos 80 anos do artista. Vai reunir pinturas, desenhos e fotos, alguns trabalhos nunca exibidos até agora, realizados em seis décadas de atividades, d artista que é considerado um dos mais populares e influentes do século XX. A exposição será apresentada tatambém no Centro Ponpidou, em Paris, e a seguir para o Museu Metropolitano de Nova York.

David Hockney, segundo a imprensa britânica, está envolvido diretamente no projeto, que ele considera olhar sobre vida integralmente dedicada as artes. Está previsto apresentação de trabalhos que fizeram a fama do artista, alguns deles parte da coleção da Tate Modern, como obras, da década de 1960, dedicada a motivos homoeróticos, além de autorretratos, imagens de famílias, amigos e de personagens do circulo social do artista. Conjunto que mesclando olhar intimista e observa social, compõe crônica de vida mundana e afetiva, além de celebração do hedonismo.

David Hockney nasceu em Bradford, na Inglaterra, em 1937, vive entre Londres e Los Angelos (EUA). Ele viu a Pop Art surgir quando ainda era estudante de arte. Linguagem festiva, impactante, colorida, que, com David Hockney, ganha tom discreto, irônico e requintado. Caminho que o artista vai burilar ao longo de décadas de atividade criando obras que parecem querer dar continuidade a tradições clássicas da pintura mas com vida, personagens e atmosfera contemporânea. David Hockney, além do norte-americano Jaspers Johns, de 85 anos, são os últimos artistas vivos da geração que cria a Pop-Art.

O artista inglês andou provocando polêmica, em 2012, colocar num cartaz de uma exposição dele a frase 'Todos estes trabalhos são feitos pelo artista, pessoalmente'. Afirmação não só de defesa “aos artesãos, habilidosos artesãos”, como critica a produção conceitual, ao experimentalismo e ao uso de assistentes na criação de arte. A Tate Britain e a Galeria Nacional de Arte Britânica, situado em Londres, fundado em 1897. Integra rede de galerias (as tates Modern, Liverpool e St Ives) que abrigam a mais importante coleção de arte do reino do Reino Unido.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS