Ópera de Nova York não consegue quitar dívidas e pode pedir falência

Espaço precisava de U$ 7 milhões até o fim de setembro. Financiamento coletivo rendeu somente U$ 300 mil

por Agência Estado 02/10/2013 10:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Instagram / NYC Opera / Reprodução
Musical 'Anna Nicole', sobre a coelhinha da playboy falecida em 2007, pode ser o último espetáculo da ópera (foto: Instagram / NYC Opera / Reprodução)

O objetivo da Ópera da Cidade de Nova York de levantar US$ 1 milhão a partir de um site de financiamento coletivo falhou e a expectativa é que a companhia declare falência ainda esta semana. A companhia anunciou em 12 de setembro que precisava de US$ 7 milhões até o fim de setembro. Um total de US$ 301.019 foi alcançado com a campanha, que teve 2.108 doadores.


 

“A Ópera de Nova York não conseguiu atingir o objetivo de seu apelo de emergência. Hoje, a diretoria e gerência iniciarão os passos financeiros e operacionais para desmantelar a companhia, iniciando o processo de falência”, afirmou a porta-voz da casa, Risa Heller, em um comunicado realizado na terça-feira, 2. Caso a falência se concretize o musical 'Anna Nicole' sobre a playmate morta em 2007, será o último espetáculo exibido pelo espaço.


O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, negou que a cidade fará intervenções para salvar a ópera. “O modelo de negócios não parece estar funcionando”, declarou ele, em entrevista à imprensa norte-americana.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS