Recorde: Editora japonesa lança 'microlivro' ilegível a olho nu

A publicação 'Flores da estação' tem 22 páginas e uma espessura de 0,75 mm. Recorde pertencia a uma obra russa, de 0,90 mm

por AFP - Agence France-Presse 14/03/2013 14:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / TOPPAN PRINTING
'Flores da estação' - com 0,75mm de espessura, obra deve ser manuseada com auxílio de uma pinça (foto: AFP PHOTO / TOPPAN PRINTING)
Uma editora japonesa apresentou na quarta-feira, 13, um livro muito pequeno, ilegível a olho nu, com 22 páginas e uma espessura de 0,75 mm, menos que a publicação russa reconhecida como o menor livro do mundo pelo Guinness dos Recordes (0,90 mm). "Os minúsculos caracteres e as ilustrações de flores estão impressos perfeitamente e podem ser vistos com uma lupa", indica a editora Toppan Printing, referindo-se ao livro 'Flores da estação'. A empresa, que começou a lançar microlivros em 1964, já registrara um recorde em 2000, com um livro de 0,95 mm de espessura.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS