Russel Crowe, Mia Farrow e Boy George lamentam a morte de Roger Moore

'Poucos foram gentis e generosos como ele', escreveu a atriz em suas redes sociais; ator morreu de câncer aos 89 anos

por Estado de Minas 23/05/2017 13:06
UNICEF/Divulgação
Ator desenvolvia trabalho beneficente com Fundo das Nações Unidas para a Infância. (foto: UNICEF/Divulgação)
Após o anúncio da morte do ator britânico Roger Moore, que faleceu nesta terça-feira, 23, aos 89 anos, vítima de câncer, as redes sociais foram tomadas por homenagens ao astro, conhecido por interpretar o agente secreto James Bond em sete filmes da franquia 007

O nome do cantor figura no topo dos assuntos mais comentados no Twitter e algumas dessas citações foram feitas por estrelas do cinema e da música. O cantor inglês Boy George se manifestou pelo Twitter, dizendo que Moore o rei do que pode se chamar de ''maneiro''. Já Russel Crowe, ator neozelandês que atuou nos filmes Gladiador (2000) e Os Miseráveis (2012), revelou que Roger Moore foi uma grande influência em sua carreira. ''Quando eu tinha 10 anos, eu costumava me vestir como Simon Templar [personagem de Roger Moore no seriado O santo, de 1962]'', escreveu. 

A atriz Mia Farrow, do longa O bebê de Rosemary (1968), escreveu: ''Poucos foram gentis e generosos como Roger Moore. Bons pensamentos para sua família e amigos. A UNICEF sentirá sua falta''. O ator desenvolvia projetos de beneficência como embaixador do Fundo das Nações Unidas para a Infância. Pelo Twitter, a organização lamenta: ''Nós estamos de coração partido pela perda de nosso amado embaixador e amigo Sir Roger Moore''. 
 
A informação da morte do ator surgiu na internet na manhã desta terça-feira, 23, por meio de uma nota publicada no Twitter oficial de Roger Moore e assinada por seus trê filhos, Deborah, Geoffrey e Christian. ''Nós sabemos que nosso amor e admiração será ampliado muitas vezes ainda pelas pessoas que o conheciam por seus filmes, seus programas de TV e seu apaixonado trabalho para a UNICEF, que ele considerava ser sua maior realização''. 

O ator era casado com Kristina Tholstrup desde 2002 e ficou famoso por interpretar o agente secreto nos cinemas. Ele tornou o agente 007 um cavalheiro inglês com mais simpatia, após a fase mais viril do escocês Sean Connery. Na década de 1960, interpretou Simon Templar e, no início de 1970, participou de outra série de sucesso, The Persuaders, uma parceria com o americano Tony Curtis. Seu último papel no cinema foi no filme O Príncipe e Eu, dirigido por Michael Damian, lançado em 2011. 
 
 
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA