Jack Nicholson, astro de 'O iluminado', anuncia aposentadoria aos 79 anos

Astro de filmes como 'O iluminado', 'Um estranho no ninho' e o Coringa de 'Batman' atuava há 60 anos

por Correio Braziliense 19/01/2017 11:29

Trister Pictures/Reprodução
Jack Nicholson anuncia aposentadoria após 60 anos atuando. (foto: Trister Pictures/Reprodução)
Aos 79 anos e na ativa como ator desde os 19, o astro Jack Nicholson decidiu se aposentar. A informação foi confirmada pelo ator Peter Fonda, que é amigo do astro há muitos anos em uma entrevista para o tabloide The Sun, do Reino Unido. Fonda disse que o astro está mais interessado em curtir o tempo com os amigos e a família e que não tem tido mais paciência para a correria de Hollywood.

 

O ator detém o recorde de indicações ao Oscar, acumulando 12 no currículo, sendo oito de melhor ator e quatro na categoria de coadjuvante. Nicholson levou a estatueta de melhor ator em duas ocasiões: em 1976, pela atuação em Um estranho no ninho, e em 1998, por Melhor é impossível. Ele também venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante em 1984 pelo filme Laços de ternura.

 

A ator não faz uma participação em filmes desde 2010, quando atuou pela última vez no longa Como você sabe. Uma curiosidade: ele foi um dos primeiros atores na história do cinema a se tornar tão popular a ponto de receber participações das bilheterias dos filmes nos quais era protagonista. Um exemplo é o cachê que ele embolsou para interpretar o Coringa em Batman, de 1989, quando o ator levou para casa mais de US$ 60 milhões (R$ 193,1 milhões) pelo papel. 

 

O primeiro trabalho do ator no cinema foi The cry baby killer, drama adolescente de baixo orçamento lançado em 1958. Seu primeiro papel de destaque foi em Sem destino, filme dirigido e coestrelado por Dennis Hopper. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA