'Mãe Só Há Uma', filme de Anna Muylaert, é premiado em Berlim

O longa recebeu um dos troféus da 30ª edição do Teddy Awards, nome dado à mostra independente da Berlinale voltada às produções com temática LGBT

por Correio Braziliense 22/02/2016 08:07

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 Divulgação
Mãe só há uma é dirigido por Anna Muylaert (foto: Divulgação)
A revista alemã Männer concedeu o prêmio Teddy à cineasta brasileira Anna Muylaert, pelo filme Mãe só há uma. O Teddy Awards é considerado a premiação oficial do público LGBT no Festival de Berlim.

O longa premiado conta a história de Pierre, um jovem de classe média que, aos 17 anos, descobre que foi roubado quando bebê, se encontrando em um dilema. A história é inspirada no caso Pedrinho. Ao mesmo tempo em que vê a virada familiar virada de cabeça para baixo, ele começa a sentir os primeiros sinais da transexualidade.

Esse é o segundo prêmio em dois anos de Anna Muylaert no Festival de Berlim. Ano passado, ela venceu o prêmio Panorama, dado pelo público, pelo filme Que horas ela volta.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA