Após polêmica com a Coreia do Norte, 'A entrevista' estreia nos cinemas

Comédia estrelada por James Franco e Seth Rogen chegou aos cinemas norte-americanos nesta quinta-feira, 25; filme também pode ser assistido em serviços de streaming na internet

por AFP 25/12/2014 14:58

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sony Pictures / Divulgação
(foto: Sony Pictures / Divulgação)

A comédia 'A Entrevista', filme que provocou a indignação da Coreia do Norte pela sátira a Kim Jong-Un, estreou nesta quinta-feira nos Estados Unidos, depois que o estúdio voltou atrás na decisão de cancelar a exibição, um fato comemorado pelo elenco. Seth Rogen, astro do filme, e o co-diretor Evan Goldberg fizeram uma aparição surpresa em uma das primeiras exibições em Los Angeles, pouco depois da meia-noite, e agradeceram aos espectadores pelo apoio para a exibição do filme. "Nós pensamos que isto poderia não acontecer", disse Rogen para os fãs.

A sala de cinema fica perto das casas de Rogen e Goldberg, informaram os dois. "O fato de que está sendo exibido aqui e que todos vocês vieram", disse Goldberg, "é super f... emocionante", completou Rogen. "Nós só gostaríamos de agradecer. Se não fosse por cinemas como este e por pessoas como vocês, isto literalmente não estaria f... acontecendo agora", disse o ator canadense.

O lançamento do filme ficou incerto depois que a Sony anunciou o cancelamento da estreia, após um ataque cibernético contra a empresa, com ameaças aos cinéfilos que comparecessem às salas de cinema. Mas na quarta-feira, a Sony anunciou que 'A Entrevista' já estava disponível no YouTube, Google Play e no Xbox da Microsoft, assim como no site www.seetheinterview.com, um dia antes da estreia limitada a 200 cinemas nos Estados Unidos.

O número de salas é consideravelmente pequeno, pois a previsão inicial era de um lançamento em algo 2.000 e 3.000 cinemas. Os internautas podem alugar o filme por 5,99 dólares ou comprar por 14,99 dólares. A Sony também negocia com o Netflix para disponibilizar o filme nesta plataforma.

Assista ao trailer de 'A entrevista':



Liberdade de expressão
O longa-metragem, repleto de diálogos grosseiros, insinuações sexuais e humor escatológico, narra uma operação fictícia para assassinar o ditador norte-coreano Kim Jong-un, planejada pela CIA.

Na trama, o apresentador de um programa sensacionalista de TV, o festeiro Dave Skylark (James Franco), e seu produtor (Rogen) conseguem uma entrevista exclusiva com o dirigente do país mais isolado do mundo. Várias das grandes redes de cinema dos Estados Unidos se negaram a exibir o filme, depois das ameaças de ataques contra as salas, o que provocou o anúncio de cancelamento da Sony.

O presidente americano, Barack Obama, havia ameaçado a Coreia do Norte por represálias pelo ataque cibernético e chamou de "erro" a posição inicial da Sony. Obama elogiou a decisão de lançar o filme. "Fico feliz com a estreia", afirmou.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA