Deborah Secco mostra talento no filme 'Boa Sorte', de Carolina Jabor

Atriz vem conquistando a cada papel o respeito da crítica e a admiração do público

por Helvécio Carlos 09/12/2014 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Felipe O Neill/ Divulgação
(foto: Felipe O Neill/ Divulgação)
Deborah Secco no elenco de qualquer produção é um chamariz e tanto. Especialmente para os marmanjos que só se lembram da moça nos papéis de gostosona. Desta vez, em 'Boa sorte', a atriz mostra que seu talento vai muito além das curvas – e que curvas – de seu corpo escultural.


No drama dirigido por Carolina Jabor, baseado no conto 'Frontal com Fanta', de Jorge Furtado, Débora interpreta Judite, garota soropositiva viciada em drogas. Sem esperança, ela passa seus últimos dias em uma clínica de reabilitação. Lá conhece João (João Pedro Zappa), viciado em Frontal com Fanta, um rapaz com muitos problemas emocionais. Ele acredita que com a mistura da droga e do refrigerante ficará invisível e colocará e poderá realizar seus desejos sem problemas. A empatia entre João e Judite é imediata e traz mudança positiva para ambos.

Não é spoiller revelar o triste fim de Judite. A partir daí, Carolina Jabor, em sua estreia em longa de ficção, mantém o mesmo nível do filme e ainda surpreende a plateia com o encontro de João com Célia (Fernanda Montenegro), avó de Judite, viciada em maconha. Mesmo num ambiente tenso, no qual os problemas das personagens são barra-pesada, a cineasta consegue, com leveza, criar uma boa história de amor. Triste mas bela.

Assista ao trailer:

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA