TEATRO

A Esperança na Caixa de Chicletes

O Portal Uai libera pares de cortesias para "A Esperança na Caixa de Chicletes".

Vigência:

02/10/2019 à 09/10/2019

Resultado:

09/10/2019

PROMOÇÃO ENCERRADA

Leia mais

GANHADORES

Ariane Ferreira

Danielle Alcântara

Juacêni Mastrângelo Abreu Dos Santos

INFORMAÇÕES

RESULTADO


O resultado da promoção será divulgado dia 09 de Outubro de 2019, até as 18h. Os participantes devem acompanhar o site www.uai.com.br/promocao para confirmar o resultado da promoção.


RETIRADA DO PRÊMIO

A retirada do prêmio seguirá as regras previstas no regulamento, e deverá ser feita na sede do Jornal Estado de Minas (Av. Getúlio Vargas, 291, Funcionários), até o dia 10 de Outubro, das 09h às 17h, apresentando documento de identidade original.

 

A ESPERANÇA NA CAIXA DE CHICLETES

Clarice Niskier costurou 64 músicas do compositor Zeca Baleiro, em um texto bem humorado, amoroso, reflexivo, que aponta de forma poética e lúdica os motivos que a fizeram optar em viver no Brasil, apesar de todas dificuldades. A desesperança em que muitas vezes se abate o cidadão comum, sensível, que deseja uma sociedade fraterna, sem violência, sem medo, sem ameaças à sua integridade, se mescla às vivencias de uma multiplicidade religiosa e cultural, em um cenário natural deslumbrante, que alimenta o espírito e traz de volta a esperança. A de que um dia, aqui se torne o local onde o sonho de uma sociedade multirracial e plural, pacífica, seja exemplo para todos os países do mundo. Essa esperança é louvada, cantada, perdida e reencontrada durante todo o espetáculo. Na peça, há também trechos de textos de Sergio Buarque de Hollanda, Ferreira Gullar e Eduardo Galeano. Uma costura de grande impacto emocional, louvando a MPB, em particular, a obra poética de Zeca Baleiro. Suas canções levam a atriz a um delirante e lúcido depoimento de amor ao país. A atriz dedica o espetáculo a sua avó, Silvia, imigrante polonesa, que viveu até os 96 anos e amava o Brasil. “Um dia, nós, as netas, fomos visitá-la no hospital. Ela estava sentadinha numa poltrona, fora da realidade. Começamos a cantar as músicas que ela gostava. Cantamos o hino da cidade do Rio de Janeiro. “Cidade Maravilhosa, cheia de encantos mil...” Ela abriu os olhos, nos reconheceu, e cantou: “Cidade Maravilhôsa, Coraçón do meu Brasil”. Cantar, para que possa florescer a vida.

SERVIÇO

Data: 11/10/2019

Local: Cine Theatro Brasil Vallourec

Endereço: Av. Amazonas, 315 – Centro – Belo Horizonte/MG

Horário: 21h

Abertura dos portões: 20h20

Classificação etária: 16 anos. Menores de entre 1 e 16 anos entram acompanhados dos pais e/ou responsáveis legais apresentando identidade de ambos.

BILHETERIA OFICIAL - SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Cine Theatro Brasil Vallourec

Av. Amazonas, 315 – Centro – Belo Horizonte/MG

Segunda a sábado das 11h às 21h

Domingos das 11h às 19h

Apenas venda e retirada de ingressos para os eventos do Cine Vallourec

PONTO DE VENDA – SUJEITO A COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Loja EVENTIM - Shopping 5ª Avenida

Rua Alagoas 1314, Loja 20C – Savassi – Belo Horizonte/MG

Segunda a sexta-feira das 10h às 19h

Sábados das 10h às 16h

Venda e retirada de ingressos para todos os eventos vendidos pela EVENTIM

MEIA-ENTRADA E INGRESSOS PROMOCIONAIS

Confira em https://www.eventim.com.br/meiaentrada as leis de meia-entrada, identificando quem tem direito ao benefício e os documentos comprobatórios.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Para sua segurança e conveniência, em dias de espetáculos no Cine Theatro Brasil Vallourec, você pode estacionar seu veículo a um preço fixo de R$15,00 na Estacione 1. O local oferece vagas cobertas e o acesso pode ser feito pela Rua Espírito Santo, 625 ou R. Bahia, 600.

Mas fique atento:

- O estacionamento trabalha com dinheiro e cartão de débito;

- O ticket do teatro deve ser impresso (papel ingresso ou folha simples) e apresentado ao caixa do estacionamento. O pagamento pode ser feito na entrada ou na saída do estacionamento.

1) menor de 21 anos tem direito a meia entrada mediante apresentação de documento de identidade com foto (lei municipal);

2) não tem opção de retirada de ingressos.

 

3) duração 90 minutos