Sua próxima viagem internacional pode sair por menos de R$ 333

Chegada ao Brasil das companhias aéreas de baixo custo vai oferecer passagens para o exterior por preços bem mais em conta. Aumento da competição favorece o consumidor

por Carlos Altman 03/07/2019 14:06
 
Flybondi/Divulgalçao
Flybondi surpreende o consumidor oferecendo passagens por preços extremamente baixos (foto: Flybondi/Divulgalçao)
Literalmente, uma boa notícia está no ar. Ontem, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a empresa aérea argentina Flybondi, que adota o modelo low cost (baixo custo), a iniciar suas operações regulares internacionais no Brasil.  Com a  autorização pelo orgão regulador, a empresa já poderá fazer o registro das rotas e iniciar a venda das passagens aéreas. A Flybondi informou que iniciará suas operações com três voos semanais entre Buenos Aires, na Argentina, e o Rio de Janeiro, no Brasil, a partir de outubro deste ano.
Sky Airlines/Divulgalçao
Empresa aérea do Chile já está em operação no Brasil (foto: Sky Airlines/Divulgalçao)

Depois de confirmadas as operações no Brasil pelas empresas Sky Airline, do Chile, e da europeia Norwegian, a Flybondi será a 3ª companhia aérea no segmento passagens baratas a voar no país. Para felicidade dos brasileiros, a empresa argentina é famosa no país hermano por adotar uma política de preços competitivos.  Só para se ter uma ideia, os bilhetes aéreos para trechos domésticos custam entre 299 pesos ( R$ 27) e 899 pesos ( R$ 82). Já para o Rio de Janeiro, a passagem com as taxas custará menos que  R$ 333 ( 3.660 pesos)