BH recebe musical infantil inspirado na vida de Milton Nascimento

Peça discute o racismo e o preconceito em relação à adoção. Espetáculo é atração de domingo (16) no Centro Cultural do Minas Tênis Clube

por Lucas Lanna Resende* 14/06/2019 10:00
Junior Mandriola/divulgação
(foto: Junior Mandriola/divulgação)
Aos 2 anos, negro e pobre, Milton ficou órfão e foi adotado por um casal branco. Mais tarde, teve de lidar com o preconceito dos colegas de escola e da própria professora. A história desse menino inspirou o musical infantil Bituca – Milton Nascimento para crianças (foto), em cartaz no domingo (16), em BH.

Em turnê desde 2017, o espetáculo mostra, de maneira lúdica, a presença do preconceito em relação à adoção e à cor da pele na sociedade brasileira. “Trabalhamos com temas delicados, mas de maneira menos densa. Queremos mostrar às crianças o valor que todas elas têm”, afirma o ator Pedro Henrique Lopes, autor do musical.

A trilha, claro, traz clássicos de Milton Nascimento. “Ao pesquisar sobre ele, reparei que muito de sua obra apresenta aspectos de sua vida que não foram levados em conta. Parti disso para construir o espetáculo”, revela Pedro.

Bituca... não é um espetáculo biográfico, mas uma forma de lutar contra o preconceito, diz o ator. “Esse é nosso dever não só como artistas, mas como so-ciedade. Temos de combater todas as formas de injustiça”, conclui Pedro Henrique Lopes.

* Estagiário sob supervisão da editora-assistente Ângela Faria

MAIS SOBRE TEATRO