Espetáculo infantil terá sessões especiais para portadores de deficiência visual e auditiva

A peça 'Hoje o escuro vai atrasar para que possamos conversar' é a primeira montagem do Grupo XIX voltada ao público infantil

por Estado de Minas 16/12/2018 06:00
Jonatas Marques/Divulgação
Espetáculo do Grupo XIX de teatro aborda o bullying e terá apresentações com audiodescrição e libras (foto: Jonatas Marques/Divulgação)
Em cartaz desde o fim de novembro, no Centro Cultural Banco do Brasil, o espetáculo infantil Hoje o escuro vai atrasar para que possamos conversar, do Grupo XIX de Teatro, terá hoje e amanhã sessões especiais para portadores de deficiência visual e auditiva. Na apresentação de hoje, às 16h, terá o recurso da audiodescrição e a de amanhã, também às 16h, um profissional fará a tradução na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

A peça é a primeira montagem do Grupo XIX voltada ao público infantil e é inspirada no romance De repente, nas profundezas do bosque, do escritor israelense Amós Oz. A história se passa em um vilarejo em que não existem animais e num bosque, onde as colegas Santi e Clara vão procurar Luna, que desapareceu depois de sofrer bullying na escola.
No espetáculo, o público é convidado a fazer um passeio com os personagens, atravessar o palco e caminhar pelas coxias e estruturas internas até sair da sala. Nesse percurso, o cenário funciona como uma instalação inspirada no trabalho da artista mineira Lygia Clark, usando estímulos com o escuro, claro, barulhos e diferentes texturas para provocar os sentidos da plateia. O ambiente sonoro – da natureza e de bichos – é realizado ao vivo com materiais naturais, como paus de chuva, folhas secas, bambus e gravetos, combinados com teclado e violão.

Sob a direção de Luiz Fernando Marques e Rodolfo Amorim, Hoje o escuro... mistura lirismo e imaginação para discutir o bullying e seus efeitos – tema sério que, nessa abordagem do Grupo XIX, procura trabalhar, apontando que todos têm as próprias fragilidades e inseguranças.

HOJE O FUTURO VAI ATRASAR PARA QUE POSSAMOS CONVERSAR
Com Grupo XIX de Teatro. Dramaturgia de Ronaldo Serruya, inspirada em livro de Amós Oz. Direção: Luiz Fernando Marques e Rodolfo Amorim. 
CCBB. Praça da Liberdade, 450, Funcionários, (31) 3431-9400. Hoje, 11h e 16h. Segunda, 16h. R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).
Erro ao renderizar o portlet: 0000 - Main - Vitrine

Erro: HTTP Error 504: Gateway Time-out

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO