Companhia Quase Cinema apresenta teatro de sombras no Palácio das Artes

Espetáculo 'Urubus no ar' conta uma história de crime, corrupção e lavagem de dinheiro, que culmina em um julgamento

por Pedro Galvão 10/05/2018 08:54
Auíra Ariak/Divulgação
Inspirado em filmes noir, a Cia. Quase Cinema apresenta 'Urubus no ar' nesta quinta-feira (10), no Palácio das Artes. (foto: Auíra Ariak/Divulgação)

Pouco frequente nos palcos (ou ruas), o teatro de sombras terá nesta quinta-feira (10) uma encenação da Companhia Quase Cinema, que faz apresentação única de Urubus no ar, no Jardim Interno do Palácio das Artes. Parte do projeto Minas Pocket, a peça é inspirada no noir, um gênero policial que teve expressão em romances e filmes americanos bastante populares nas décadas de 1930 e 1940. Embora seja um espetáculo teatral, o diretor Ronaldo Robles define como “o cinema ao vivo”.

Nas cenas, as sombras de quatro artistas serão projetadas nas paredes do jardim, contando uma história de crime, corrupção e lavagem de dinheiro, que culmina em um julgamento. A decisão será conduzida pelo próprio público, que receberá cédulas de votação. “A corrupção existe na vida do ser humano desde sempre. Obviamente, é um assunto em pauta no Brasil com muita força, mas tratamos isso de forma poética, lúdica, engraçada, falando da podridão do ser humano de forma gostosa e rindo da nossa própria miséria. É um pouco do que o brasileiro faz todo dia”, explica Robles, descartando qualquer referência ou ligação do enredo com algum fato político atual do país.

Destacando a capacidade da trama de fazer os espectadores refletir de forma leve sobre “o papel de cada cidadão” em uma sociedade, ele também reforça a experiência audiovisual única proporcionada pelas sombras. “Temos a possibilidade de transformar qualquer espaço em um palco, algo parecido com o antigo teatro grego. Permitimos às pessoas transitar e ter uma experiência de rua, de liberdade, de chegar e sair. No Brasil, estamos muito mais ligados a isso, ao carnaval, do que aos eventos em espaços internos. É uma experiência audiovisual única, como se fosse um ritual”, argumenta o diretor.

URUBUS NO AR
De Cia Quase Cinema. Direção: Ronaldo Robles. Jardim Interno do Palácio das Artes. Av. Afonso Pena, 1.537, Centro (31) 3236-7400. Hoje, 20h. Entrada franca, com retirada de ingressos 30 minutos antes da apresentação

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO